segunda-feira, 12 de abril de 2010

A mulher sentada



Mulher. Mulher e pombos...
Mulher entre sonhos.
Nuvens nos seus olhos?
Nuvens sobre o seus cabelos.

(A visita na sala;
o notícia no telefone;
a primavera, além da janela)

Mulher sentada. Tranquila
na sala, como se voasse.

João Cabral de Melo Neto

Wanderley Elian

33 comentários:

  1. João Cabral de Melo Neto consegue a simplicidade
    e a ternura num mesmo amplexo... é assim a mestria...

    ResponderExcluir
  2. Esse é o melhor vôo , "entre sonhos."
    tela e tema encaixam .
    te vejo na semana
    abraços

    ResponderExcluir
  3. Sua postagem é um binde ao poeta de nós todos.
    Sou fanzão é da forma sertaneja desse gênio escrever, num estilo árido, assim como é a aridez do Nordeste, que ele tanto nos mostrou em seus escritos.

    Abração irmão, boa semana

    ResponderExcluir
  4. Talvez ela voasse em sonhos...sonhos de amor....abraços amigo e uma bela semana pra ti.

    ResponderExcluir
  5. Um dos melhores do João Cabral, quando ele tinha uma veia telúrica, com estilhaços de Picasso ao invés de alma. Devo agradecê-lo por ter-me recordado: um dos primeiros poemas que li na pós-infância da minha poeticidade. Assim, torna-se impossível meu outono não ficar farejando o prazer de outras épocas.

    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  6. Wanderley,

    Como são bons os momentos que temos para sonhar, e viajar com as nuvens, e sonhar...

    Maravilha!!!!

    Um grande beijo e ótima semana!!!

    Reggina Moon

    ResponderExcluir
  7. Como seria Homem Sentado eim? eim?

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  8. Grande João Cabral de Melo !
    Mulher é esse ser sublime, que vive nas nuvens... e sonhando. Parabéns pelo bom gosto.

    Beijosss

    ResponderExcluir
  9. Oi meu querido, perdoe-me por não vir com assiduidade como antes, mas não me esqueço de ti, tá?

    Amei a poesia, parece comigo...ah quantos sonhos eu vivo sentada em frente a janela.

    Beijos com carinho enorme no teu ♥.

    ResponderExcluir
  10. Belíssimo Post.
    Simplesmente belo, adorei!

    beejo e boa semana!

    ResponderExcluir
  11. Lios versos de João Cabral. Ele, melhor do que ninguém, através da poesia sintética, soube retratar as sensações humanas.

    Beijos pra ti!

    ResponderExcluir
  12. Eu quis dizer: "lindos versos". O meu teclado está problemático hoje, rsrsrs.

    ResponderExcluir
  13. Meu querido
    Maravilhoso poema.
    deixo o meu beijinho.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  14. [tem sido um dos "crimes" de que me conto penitenciar, assim que puder... conhecer um pouco mais de perto esse Poeta!]

    um imenso abraço, Wanderley
    e agradecido pela partilha

    Leonardo B.

    ResponderExcluir
  15. Leitura belíssima.
    Parabénsssssssssssss.
    beijokas.

    ResponderExcluir
  16. Meu amigo
    bom Domingo
    Boa semana
    Com muito carinho

    DOMINGO


    O acordar é cedo...
    Acordar de gente...
    Que quer aproveitar...
    Quer ver...
    Quer desfrutar...
    E então...
    A cama fica vazia...
    E eu vou...
    Vou observando...
    Apreciando...
    Prados e montes...
    Árvores e riachos
    Casas e animais...
    E assim escrevendo...
    Vou sentindo...
    Que olhando e rabiscando...
    Vou sentindo...
    A grandeza do criador!...

    LILI LARANJO

    ResponderExcluir
  17. Em tratando-se de João Cabral de Melo Neto, não precisa de comentário. Simplesmente lindo.

    Abraços e ótima terça.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  18. Eu sou essa mulher!!!
    kkkkk
    Boa semana amor,um beijo!

    ResponderExcluir
  19. Meu bem ...lindo poema.
    BjOO e boa semana pra vc.

    ResponderExcluir
  20. Mulher sentada pensando? Ora... É a melhor coisa que existe quando temos esse tempo: quantas coisas passam pela nossa cabeça... Nossa mente não adormece; apenas descansa e sonha.
    João Cabral de Melo Neto... Maravilhoso.

    Bjs, amigo.
    Tais luso

    ResponderExcluir
  21. Simples, mas sensível...
    Parece que está analizando um quadro, né?
    Ótima semana, aquele abraço.

    ResponderExcluir
  22. Como se deixasse a vida passar...paz.

    ResponderExcluir
  23. Voasse em pensamentos mil..
    Sensível!

    Um abraço Wanderley!

    ResponderExcluir
  24. Olhei a imagem, li o poema , quanda delicadeza neste casamento imagem e poema.

    Acredito que todos nós muitas vezes nos embalamos em sonhos em perdidos olhares do lado de fora de nossas janelas.Nossos olhos que registram tudo, janelas de nossas almas que nos fazem muitas vezes sonhar, o que não pedir de mais não é?

    Como diz João Cabral...voamos, voamos onde nossas lembranças e saudades podem levar...

    Lindo isso, adorei!

    Bjo!*
    ótima semana

    ResponderExcluir
  25. Ain, hehe lembrei de minha mãe hehehe...

    bjux.

    ResponderExcluir
  26. Wanderley!
    Que delícia de poema
    por isso fui buscar mais
    "Mesmo sem querer fala em verso
    Quem fala a partir da emoção"
    João Cabral de Melo Neto

    Adoro.
    Bjins entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  27. Tenho uma queda por janelas, vejo uma desocupada, fico lá, olhando pro nada! Vai entender!

    Charlie B.

    ResponderExcluir
  28. Os versos de João Cabral, sempre são encantadores, tem a riqueza que voa nas esferas.
    Lindo!
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  29. grande pessoa sempre com grandes versos,

    mulher tranquila na sala sentada, como se voasse...

    sera com que pensamentos esta mulher esta, bom... acho que a feiçao dela esta meio tristonha, acho que é a vida, a sim certamente é a vida... bjs!

    ResponderExcluir
  30. E a certeza era absoluta - podia voar.
    Outra pérola poética.

    abraço

    ResponderExcluir
  31. Li Livre Arbítrio e gostei tanto que fui passear no seu delicioso blog. E este post é magnífico!

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...