quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Poesia marginal - II - Horas


O olho do relógio vigia meu coração
(acima do bem e do mal e dentro do medo)
Até às onze horas de hoje
não amei ninguém.
Espero que até às cinco da tarde amanhã
eu ame alguém.
O olho do relógio vigia, vigia.
Mas nem o medo afasta o desamor.

Francisco Alvim

Wanderley Elian

51 comentários:

  1. Querido amigo, nunca é cedo para amar, quanto mais cedo amarmos mais cedo seremos felizes..Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Primeiro pensei ser uma Cinderela, depois imaginei estar numa balada, afinal, até as 11 ninguem amou ainda, mas até as 5 da manhã, enfim... Momentobichafútil mode ON rs, bjao!

    ResponderExcluir
  3. Hola amigo... que versos mais sentidos.... cheio de coracao neles... com a esperanca de encontrar aquel sentir belo...

    Saludos
    abracos

    otima semana

    ResponderExcluir
  4. Abra bem os olhos e o coração!
    Sempre há tempo pra amar.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. O amor eterno é o amor impossível.
    Os amores possíveis começam a morrer
    no dia em que se concretizam.

    Eça de Queiroz

    Saudações Poéticas!! M@ria!

    ResponderExcluir
  6. querido wanderley,
    Amo cada detalhe desse Blog. As postagens, as fotos... é tudo tão bem escolhido, tão agradável.

    Aguardo sempre ansiosa por suas atualizações. :)

    Um abraço bem grande. :*

    ResponderExcluir
  7. ..."Eu sou Poeta e não conheci o amor"
    Bonito, simples e duro.

    Beijinhos

    Maria

    ResponderExcluir
  8. Meu amigo, de uma coisa tenho certeza: Até agora, já somos 6 que te amamos!
    E amo vir aqui.
    Um abraço afetuoso, um beijo no coração.

    ResponderExcluir
  9. Amo saber que existes!
    Adoro a tua presença!
    Preciso de ti e da tua atenção!
    Minha alegria é imensa
    quando sinto as batidas do teu coração!
    Meu carinho,
    ANJO SEDUTOR

    ResponderExcluir
  10. não perca os minutos, ame em cada segundo.
    Vale a pena
    Bjs
    Andresa

    ResponderExcluir
  11. É um risco que sofremos quando queremos tanto alguém. Antes esperar por uma eternidade o amor certo, do que encontrar o desamor tão logo.

    bj!!!

    ResponderExcluir
  12. Eu to tentando amar alguém!!!!

    Belissímoooooooo Wander!!!

    Seu blog é simplesmente DIVINOOOOO!

    Beijo de bom diaaaaaa!!!

    ResponderExcluir
  13. Muito instigante a poesia que nos apresenta de Francisco Alvim!

    "O ritmo do tempo atual acelerou o amor, o dinheiro contabilizou o amor, matando seu mistério impalpável. Hoje, temos controle, sabemos por que "amamos", temos medo de nos perder no amor e fracassar no mercado. O amor pode atrapalhar a produção". (Arnaldo Jabor)

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  14. Bom isso,,,todos temos urgencia em amar e ser amados,,,abraços amigo e um belo dia pra ti.

    ResponderExcluir
  15. Bom Dia Wanderley, já vi que meu relógio (o biológico)hoje está muuuuito adiantado. Ainda são 9 horas e oito minutos. Já amei hoje, Wanderley.[rs]
    Lindo e sugestivo poema. O Chico Alvim é mineiro. Minas só tem gênio.[rsrs]
    Um beijo e tenha um bom dia !

    ResponderExcluir
  16. Ter medo de amar...
    Por que temos medo do amor?
    A insegurança é maior que tudo!
    E a falta de crença na felicidade é maior ainda.

    Bj.

    ResponderExcluir
  17. São 9h20 e não amei ninguém...
    o ponteiro continua girando,
    desvairado, alucinado a caçoar-me...

    "o tempo não para, não para não..."
    bjks

    ResponderExcluir
  18. Mas é essa esperança de vai amar e ser amado que embala as batidas do coração. Quando acontece não há mais relógio nem medo. Um abraço

    ResponderExcluir
  19. O que posso dizer do tempo...?
    Logo serei passado,
    invisível,
    sem história.

    Dói mais e mais,
    pois,
    ninguém sabe.

    Esquecer!

    Tácito

    ResponderExcluir
  20. Gostei do poema: ainda gosto!
    Complexo meu post? Onde?
    Fiquei intrigada...
    1 abraço.
    Grata pela visita

    ResponderExcluir
  21. Meu querido
    Espero bem que sim...vive o instante que pode valer uma vida.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  22. Ah o tempo, o relógio
    E o medo
    Ilusões de poeta
    Saberá ele que entre a hora de postar
    E esta de comentar
    O relógio só serve para enganar ?

    ResponderExcluir
  23. O olho do relógio masca o nosso tempo. Submete no viço a uma espécie de sombra impiedosa. Passam segundos, minutos, horas. Acordamos com olheiras nos sonhos e a esquina nos puxa para outras ruas de paisagens diferentes. Belo poema que eu espero ter sentido corretamente.

    ResponderExcluir
  24. O coração bate num tempo diferente do relógio,quando ama acelera e n~so há quem faça entrar no ritmo .rs.. Lindo demais! Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  25. OI WAN!!!! ADOREI SUA VISITINHA!!!!Q BOM Q GOSTOU D VER O TREILLER DO FILME!!!!DIVULGUEI SEU BLOG LÁ NO MANUPINK, SE QUISER PAARTICIPAR DA BRINCADEIRA FICA AVONTS!!!!BJUX!!!(AINDA ESTOU POSTANDO)

    ResponderExcluir
  26. só não ama os medrosos e os indecisos ... assim falou o menino Renato com toda a sua sabedoria ...
    eu sou um pouco medroso e um pouco indeciso; eu sou muito pragmático e racional por instinto de sobrevivência mas permiti-me amar ... do meu jeito é claro ... me dei bem ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  27. Meu querido...

    Como se tivesse hora certa pra amar!
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Deixa me ver - até as 1:30 não amei ninguém; ah mas é questão de segundos, pois o amor não conta os minutos, ele vem e apaga o tempo....


    Um ótimo dia pra vc, amigo!

    ResponderExcluir
  29. Wanderley,

    Esse verso expressa bem a angústia da espera de quem está na solidão...quem sabe amanhã?E assim passam-se dias e noites...e eis, que no dia em que nada mais esperamos, essa amor aparece...e vem para ficar!

    Um grande beijo!

    Reggina Moon

    ResponderExcluir
  30. Sr. Wanderley, informamos que o senhor está sendo investigado sobre possível envolvimento no assassinato da Srta. Vaca Jersey.
    Solicitamos que permaneça em Blogsville até segunda ordem.
    Sem mais para o momento,
    Dr. Décio Pinto - Delegado Responsável

    ResponderExcluir
  31. E nós, dentro das horas? Passando por aqui só para lê-lo, pq o tempo urge, tenho que voltar ao trampo...
    Bjs*

    ResponderExcluir
  32. Olá Wanderley.

    O maor não tem hora para chegar, quando vc menos espera lá está ele.

    Abraços

    ResponderExcluir
  33. Wanderley,que belos versos marginais!O amor que espera para acontecer,numa eterna esperança!Muito lindo!Abraços e grata pelo seu carinho sempre!

    ResponderExcluir
  34. É querido, o desejo de amar e ser amado é intrínseco no ser humano... por mais que sinta medo ou se desiluda...beijinhos pra ti...
    Valéria

    ResponderExcluir
  35. Lindo!! Aqui já são 17:45h... será que amo até as 19hs? Quem sabe?? srsrsrs

    Beijão querido... adoro esse espaço!

    ResponderExcluir
  36. conversa tirada daqui:

    http://www.youtube.com/watch?v=oa80CaIR52Y

    ResponderExcluir
  37. Muito lindo o poema marginal. Adorei!

    Pois é, Wanderley, também estou votando no Garoto cientista, ele é muito legal. Vi seu comment lá. Obrigada por nós dois.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  38. Obrigado pela visita meu amigo
    adorei suas poesias marginais !
    abraço

    ResponderExcluir
  39. Amar é, esquecer as horas
    Amar é, viver intensamente o amor
    Amar é, não se deixar abater pelo suprimir do amor
    O demais é só lucro, com muitos dividendos no amor.
    Abraço

    ResponderExcluir
  40. O relógio sempre nos dar a hora certa de amar...

    Abração...

    ResponderExcluir
  41. Estranho... a primeira vez que tentei acessar seu blog o link levou para outro lugar...
    Bom, mas agora que consegui e estou aqui, vou tratar de ler os outros posts também.
    "Nem o medo afasta o desamor" é bastante triste...
    Abraço.

    ResponderExcluir
  42. passando pra dar um oi e retribuir as visitas..
    xoxo

    ResponderExcluir
  43. O amor mão tem dia, nem hora, simplesmente acontece.
    Tenha uma noite de muita paz.
    Com carinho, Lady.

    ResponderExcluir
  44. Nunca é cedo e nem tarde pra amar, basta achar, aproveitar e ser feliz :)

    beijos amigo!

    ResponderExcluir
  45. Oi meu querido amigo.
    Eu estou em um momento meio eufórico, não posso dizer que estou amando, mas estou vivendo o desejo imenso de que isso se transforme em amor.

    Linda escolha.
    Beijos no teu ♥

    ResponderExcluir
  46. Não a hora, nem tempo para amar!

    ResponderExcluir
  47. Não existe tempo nem espaço para o AMOR, portanto se não deu ontem ,façamos hoje para que amanhã não lamentamos o tempo perdido.
    Ellian, estamos aguardando uma visita sua em nossa casa para deixar registrado um voto de confiança para nós num premio que estamos a concorrer.
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  48. O amor vive em mim sem pressa,
    sem hora marcada!aliás, tem poderes e posse do meu coração, isento de tempo e licença!
    Ele mora e vive com propriedade.
    bejos de IT

    ResponderExcluir
  49. Que lindo ! estou levando porque Amar é maravilhoso!
    abraços

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...