segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Imperfeita (Poetrix)


Nem santo, nem certo
nem anjo, nem manso
quero demônios, quero hormônios.

Déa Vilanella

Wanderley Elian

21 comentários:

  1. WANDERLEY
    Passei para deixar um beijinho de carinho.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  2. Receita de ano novo 
    de Carlos Drumond de Andrade
     

    Para você ganhar belíssimo Ano Novo 
    cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, 
    Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido 
    (mal vivido talvez ou sem sentido) 
    para você ganhar um ano 
    não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, 
    mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; 
    novo 
    até no coração das coisas menos percebidas 
    (a começar pelo seu interior) 
    novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, 
    mas com ele se come, se passeia, 
    se ama, se compreende, se trabalha, 
    você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, 
    não precisa expedir nem receber mensagens 
    (planta recebe mensagens? 
    passa telegramas?) 
     

    Não precisa 
    fazer lista de boas intenções 
    para arquivá-las na gaveta. 
    Não precisa chorar arrependido 
    pelas besteiras consumidas 
    nem parvamente acreditar 
    que por decreto de esperança 
    a partir de janeiro as coisas mudem 
    e seja tudo claridade, recompensa, 
    justiça entre os homens e as nações, 
    liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, 
    direitos respeitados, começando 
    pelo direito augusto de viver. 
     

    Para ganhar um Ano Novo 
    que mereça este nome, 
    você, meu caro, tem de merecê-lo, 
    tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, 
    mas tente, experimente, consciente. 
    É dentro de você que o Ano Novo 
    cochila e espera desde sempre.

    Que em 2010 Deus o abençôe com saúde, paz, muito amor e um bom trabalho!
    abraço

    ResponderExcluir
  3. Wanderley,

    Esse post me lembrou de uma citação que adoro:

    "Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade."
    (Friedrich Nietzsche)

    Não é bem por aí mesmo?

    Beijoca!

    ResponderExcluir
  4. Também quero! rs...Minha vida anda tão morna que nem o demônio chega perto! kkkkkkkkk Bjão amigo!

    ResponderExcluir
  5. ""Quero tesão, quero volúpia, quero prazer...".
    Quem não pensar assim, respeito, mas vive nos tons opacos.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Hormônios é o que nos acompanha todos os dias para os nossos atos ser bons ou não.
    Boa semana para ti.

    ResponderExcluir
  7. Que aflorem os loucos desejos então...abraços amigo, otima semana,,,chuva pra caramba na nossa BH...

    ResponderExcluir
  8. magnificamente belo e verdadeiro ... a ilustração é um primor ... um achado mesmo ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  9. My Music Blog

    Das Leben dergleichen Halbfaßung
    der Welt wahr immer nicht wahr,
    nicht wahr? Die fristlos' Entlaßung
    am Ende wird kaum wunderbar.

    So laßen uns Menschlingen viele
    besonders besonnene zum
    Zeitweilegem Zeiten als Ziele
    des Lebens halbfaßen darum.

    ----

    Schwarzes Birne!
    Aufforderung zur Erotik.

    Meine deutsche Gedichte

    SONNET XXXIX FOR KATIE

    I went downtown, saw Katie in the nude
    on Common Avenue, detracted soltitude
    as it were, like a dream-state rosely hued,
    like no one else could see her; DAMN! I phewed;

    was reciprokelly then, thank heaven, viewed,
    bestowed unique hard-on! but NOT eschewed,
    contrair-ee-lee, she took a somewhat rude
    'n readidy attude of Sex Prelude; it BREWED!

    And for a start, i hiccuped "Hi!", imbued
    with Moooood! She toodledooed: "How queued
    your awe-full specie-ally-tee, Sir Lewd,
    to prove (alas!), to have me finely screwed,

    and hopef'lly afterwards beloved, wooed,
    alive, huh? Don't you even DO it, Duu-uuude!"

    My English Poetry Blog

    N'est-que pas que la solitude elle-mème eveille quelque attente fébrile? Voici l'entrée, vide, discrètetement illuminée comme une musée nocturne – la terasse, avec ses torchères ondoyantes par un soir d'Avent étrangement doux – laissant le vestibule et les murmures de voix – la chambre immaculée immaculée et la musique de danse derrière le mur – et le bar à cocktails mondains – le bassin où le nageur s'entrâine, longeur après longeur, il en n'a jamais assez, il doit y mettre de sien – enfin, tournant vers le haut au coin du sombre couloir vient la fille noire et pâle, altière, déterminée et de style épuré, ainsi qu'un moderne avion de chasse suédois.

    Poétudes

    More...

    Exit time. Las chicas dejan el espejo de bar
    dormindose en sus corazónes de alta traícion.
    El Señor no levanta. Él pastorea a sus pies
    los presuntos compradores. Y nos bendice.

    My spanish poetry blog

    More...

    Consider Sex and time, procreation, reincarnation. Trigonometry! I envisage the time axis as the repetitive tangens function. Do you see what I mean? What can be tentatively derived from this notion? Clue: orgasm AND birth pangs at tan 0.

    My Philosophy

    My Babe Wallpapers

    You are very welcome to promote your blog on mine. They are well frequented, so there's mutual benefit.

    - Peter Ingestad, Sweden

    ResponderExcluir
  10. Wanderley amigo da alma,
    Que maravilha ter acompanhadso seu blog. Com tantas poesias tão criativas que tocaram profundo na alma.
    A Divina Luz conserve você assim, tão rico de alma.
    Sublimes abraços

    ResponderExcluir
  11. O nosso caminho é feito
    Pelos nossos próprios passos...
    Mas a beleza da caminhada...
    Depende dos que vão conosco!

    Assim, neste NOVO ANO que se inicia
    Possamos caminhar mais e mais juntos...
    Em busca de um mundo melhor, cheio de PAZ,
    SAUDE, COMPREENSÃO e MUITO AMOR.

    Um ótimo 2010.

    Olavo.

    ResponderExcluir
  12. Wanderley,

    Então....Salve a imperfeição, dentro do que nos é permitido!Adorei!!

    Espero que a seu começo de semana seja muito bom, pois ela começa em 2009 e termina só em 2010...uma época de reflexão!

    Grande beijo e adoro suas visitas!

    Reggina Moon

    ResponderExcluir
  13. Prezado Wanderley

    Obrigado pelos comentários e pela força...
    O livro sempre foi meu sonho... Demorei muito para responder por motivos de saúde, mas agora estou bem!

    Espero que tenha um fim de ano maravilhoso e um 2010 mágico...

    Carlos Falcão

    ResponderExcluir
  14. Obrigado pela visita, Wanderley!
    Volte sempre e se quiser, traga uma cachacinha mineira da boa, para molharmos as palavras...
    Nem santo, nem certo!
    Feliz 2010!
    Gnd Abç!

    ResponderExcluir
  15. Olá, amigo*
    Poema muito bem elaborado. Muito boa a sua escolha.***********
    Hoje estou me desejando Feliz Ano Novo, com um poema do nosso grande Everson no meu bloguito. Fique à vontade para ir ou não, ok?
    Desejo o melhor, sempre*
    Lindo 2010!*
    Obrigada por 2008, 2009, e por tudo sempre e sempre.
    Beijosssssss,
    Renata

    ResponderExcluir
  16. Ah Wanderley, meu amigo, eu quero isso tudinho também...aqui tá tudo tão parado...rs.

    Beijos meu amigo.

    ResponderExcluir
  17. Um 2010 muuuuuito Feliz e em...GRANDE!!
    Um beijo carinhoso
    Graça

    ResponderExcluir
  18. FELIZ Ano Novo...
    Que 2010 venha repleto de realizações, paz, saúde e tudo que você deseje.

    Renata.

    ResponderExcluir
  19. Querido Wanderley:

    Uma vez li mas não se aonde que cada um de nós tem sua própria estrela, ninguém precisa apagar a do outro para ser feliz. Fico feliz que tenha contato com pessoas que são verdadeiras constelações como você. Te conheci por acaso, mas não por acaso venho sempre ao teu blog. Na verdade venho me abastecer de alma, de luz (que é isso que você passa para todos nós). Um lindo 2010 de muita paz e energias boas. Bjão.

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...