terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Acho que estou envelhecendo




Não me lembro direito, mas li numa revista, acho que na Carta Capital, um artigo levantando a hipótese de que todo cara que tem mania de fazer aspas com os dedinhos quando faz uma ironia, é um chato.
Num outro artigo alguém escreveu que achava que jamais tinha conhecido um restaurante de boa comida com garçons vestidos de coletinho vermelho. Joaquim Ferreira dos Santos , em "O Globo", fala do seu profundo preconceito com que usa a expressão "agregar valor".
Eu posso jurar que toda mulher que anda permanentemente com uma garrafinha de água e fica mamando de segundo em segundo é uma chata.
São preconceitos, eu sei. Mas cada vez mais a vida está confirmando estas conclusões.
Um outro amigo meu jura que um dos maiores indíces de babaquice é usar o paletó nos ombros, sem os braços nas mangas. Por incrível que pareça, não consegui desmentir. Pode ser coincidência, mas até agora todo cara que eu me lembro de ter visto usando o poleto colocado sobre os ombros é muito babaca.
Já que estamos nessa onda, me responda uma coisa: você conhece algum natureba radical que tenha conversa agradável?
O sujeito ou sujeita que adora uma granola, só come coisas orgânicas, faz cara de nojo à simples menção da palavra "carne", fica falando o tempo todo em vida saudável é seu ideal como companhia numa madrugada. Sei lá, não sei.
Não consigo me lembrar de ninguém assim que tenha me despertado muita paixão.
Eu ando detestando certos vícios de linguagem, do tipo "chegar junto", "superar limites", essas bobagens que lembram papo de concorrente a big brother.
Mais uma ves repito: acho puro preconceito, idiossincrasia, mas essa rotulagem imediata é uma mania que a gente vai adquirindo pela vida e que pode explicar algumas antipatias gratuitas.
Tem gente que a gente não gosta logo de saída, sem saber direito por quê. Vai ver que transmite alguma sintonia da chatice.
Tom de voz de operador de telemarketing lendo o script na tela do computador e repetindo a cada cinco palavras a expressão "senhooorr", me irrita profundamente.
Se algum dia eu matar alguém,existe imensa possibilidade de ser um flanelinha.
Não posso ver um deles que o sangue sobe à cabeça. Deus que me perdoe, me livre e me guarde, mas tenho raiva menor do assaltante do que do cara que fica na frente do meu carro, fazendo gestos desesperdos tentando me ajudar em alguma manobra, como se tivesse comprado a rua e tivesse todo o direito de me cobrar pela vaga.
Sei que estou ficando velho e ranzinza, mas o que se há de fazer?
Não suporto especialista em motivação de pessoal que obrigue as pessoas a pagarem o mico de ficar segurando na mão do vizinho, com os olhos fechados e tentando receber "energia positiva". Aliás, tenho convicção de que a empresa que paga bons salários e tem uma boa e honesta política de pessoal não precisa contratar polestras de motivação para seus empregados. Eles se motivam com a grana no fim do mês e com a satisfação de trabalhar numa boa empresa.
Que me perdoe todos os palestrantes que estão ficando ricos percorrendo o país mas eu acho que esse negócio de trocar fluidos me lembra putaria..
E, para terminar: existe qualquer esperança de encontrar vida inteligente numa criatura que se despede mandando "um beijo no coração".


Lula Vieira (publicitário)

Wanderley Elian

25 comentários:

  1. Huahaha, texto muito bom, estamos todos ficando velhos e de saco cheio de bobagens como essas.

    Beijos no coração... (entre aspas)

    ResponderExcluir
  2. Diante disso, tenho certeza absoluta que estou envelhecendo...mas de alguma forma isso me incomoda menos do que deveria e mais do que poderia...risos...

    bjbjbj

    ResponderExcluir
  3. Nice post and worth reading post !! Thanks or sharing..

    ResponderExcluir
  4. Puta merda é isso mesmo!
    Eu ando um chato que se incomoda com qualquer coisa estúpida e babaca!
    Sei que muitas pessoas me acham MALA, porém são as idas e vindas.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Olá poeta,

    Agradeceço pelas palavras.
    Quero convidá-lo para fazer parte da casa da poesia http://casadapoesia.ning.com/ cadastre-se e Renato Baptista ficará feliz com sua presença na casa e serás muito bem recebido.
    Espero você por lá,seu talento tem que ir além,muito além...

    Beijos de luz e um Natal e o Ano de 2010 cheio de harmonia.

    ResponderExcluir
  6. Rapaz,que texto excelente.Ela esqueceu de citar aí, as frases de automóveis "FUIII". "É VELHO, 'MAIS' É MEU". "RASTREADO POR FOFOQUEIROS". Dá dó, né? Eu detesto essas expressões também como,"correr atrás do prejuízo", " o time está começando a gostar do jogo". E por aí vai. E engraçado, é que todo mundo,até na tv,sai repetindo isso de "beijo no seu coração". E o gerúndio? Aí doi mais. "Você pode estar ligando pra mim amanhã". "Amanhã estarei enviando pra você". Muito mais que um erro de português, aí tem um erro pior, o erro de querer parecer chique e comete essas gafes. Muito bom.UM abraço e obrigado pelas palavras. Hoje à tarde estarei 'postando' de novo e você poderá estar 'lendo' também. E espero que esteja 'comentando' também, porque eu estarei 'gostando'. Fuiiiii

    ResponderExcluir
  7. Otimo texto amigo...abraços e otimo dia...

    ResponderExcluir
  8. Oi Wanderley, tudo bem?
    Adorei o momento desabafo sobre os rótulos, rsrs.
    A sociedade em si rotula tudo e todos. Sejam os chatos, os idiotas, os bonzinhos, os mauzinhos, mas tem q rotular.
    Nós meio que inconscientemente fazemos isso.
    E a parte sobre os palestrantes concordo plenamente com vc, eu DETESTO, acha q somos idiotas, como se um abraço como "vizinho" poderia transmitir energia positiva pra nós, boa parte transmite o contrário isso sim, rsrsrs.
    E envelhecer é algo q temos q passar, junto vem um pouco da rabugice tbm, kkkkkkkkkkkkkk
    Espero me livrar dessa parte, kkkkkkkkkkkkk
    Bjo
    :)

    ResponderExcluir
  9. kkkk... muitas verdades!

    Sabe, tenho uma amiga mais velha que sempre me dizia: "quando a gente vai 'envelhecendo', nós vamos ficando mais intolerantes"... e isso quer dizer que nós, cada vez menos, falamos coisas só pra agradar, vamos a lugares que não estamos afim, fazemos cara de contente etc...

    Li o texto e lembrei disso, porque hoje, aos 32, já noto que ela tinha razão!

    Beijão!
    Jr.

    ResponderExcluir
  10. Mestre Lula Vieira e suas crônicas mordazes ... adoro o Lula ...

    ;-)

    ResponderExcluir
  11. xiiiii...
    Acho que tô ficando Velha...
    kkkkkk
    Adorei o Texto !!!
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Desejo que o seu Natal seja brilhante de alegria, iluminado de amor, paz e harmonia. Feliz Natal!!!

    ResponderExcluir
  13. OLá meu caro amigo,
    depois de algum tempo afastado, passando para te visitar, te ler e desejar um final de ano repleto de paz e alegria!

    Que 2010 seja um ano primoroso e cheio de venturas... que possam se tornar possíveis todas as tuas aspirações.

    GRANDE E FORTE ABRAÇO! LINDAS FESTAS!


    daufen bach.

    ResponderExcluir
  14. kkkkkkkkkkkkkkkk....."adorei"



    Hugo

    ResponderExcluir
  15. Crido Wanderley, ofereço de coração um selinho que está exposto no meu blog para ti. beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Nossa, este texto é demais! Ele desabafou mesmo e incrivelmente correto em muitas coisas.
    Amei.

    Parabéns amigo por este post.
    Feliz Natal.
    Beijo

    ResponderExcluir
  17. ” A alma é invisível,
    Um anjo é invisível,
    O vento é invisível,
    o pensamento é invisível, e,
    no entanto, com delicadeza,
    se pode enxergar a alma,
    se pode adivinhar o anjo,
    se pode sentir o vento,
    se pode mudar o mundo com alguns pensamentos.”

    Boas festas...

    Olavo.

    ResponderExcluir
  18. Risos ...muito bom!!! Fecho com o Lula, essa despedida de "beijo no coração"... sinceramente, é fo...rte.
    Wanderley, os americanos têm muito essa mania de "aspear" no ar. Chega a irritar.
    Parabéns pela escolha do texto.Sou fanzoca do Lula... (dos dois). rsrsrsrs
    Beijossss

    ResponderExcluir
  19. HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHAUAHAUA

    beijos no coração!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    muito bom.

    ResponderExcluir
  20. Bem, tenho erros de portugues, gramática e pontuo como quero e não como deve ser,creio que falo bobagens e tenho erros de concordâcia também.rs...Como também já estou ficando velha,o que eu tinha muita paciência antes, hoje não tenho mais e o que não tolerava antes, hoje tolero de boa.Levaria para o paredão todos os flanelinhas também, a voz metálica do disc 1 para isso, 2 para aquilo e quando faz tudo derrubam a linha... E as pessoas que querem nos converter para determinada religião sem que a gente peça. Adorei esse texto vai de encontro a tudo que sentimos mesmo.
    bjs

    ResponderExcluir
  21. Wanderley,
    Passei para agradecer o carinho.
    E desejar um Natal muito Feliz e um Ano repleto de felicidade, paz e Amor.

    Beijinhos

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  22. Wanderley,
    O nome desta doença é "VELHICITE", rsrsrsrs.
    No texto demonstra que o individuo chegou ao estado AGUDO da doença, rsrsrsrsrsr.
    Neste estado não suporta quase nada. Ele é o INSUPORTÁVEL e não se dá conta. O pior não cai a ficha nunca.

    O primeiro sinal da "MELHOR IDADE", é a entrada da sabedoria e que trás na mala a tolerãncia.

    Aquele que vive a MELHOR IDADE com tolerância, é um ser humano explendorosa atrativo. ESte ser humano é palco de aglutinação do BEM, da ALEGRIA, da HARMONIA e da PAZ.
    A todos eles desculpam, dizendo:
    - Ainda não viveram o suficiente para tirar da vida o MELHOR. Que é o AMOR ao semelhante e dissemelhante, é a única experiência e tônica que merece ser vivida.

    Chico Xavier dizia:

    - O Mal do século é a INTOLERÂNCIA.

    Por isso, vemos programas de TV com cenas informando sobe a "TOLERÃNCIA ZEROOOO".
    É uma verdade.

    O melhor é aprender dar BOAS RISADAS das nossas bobagens e dos besteróis outros...
    Sorria!
    Abraços

    ResponderExcluir
  23. Afe, acabei de descobrir que estou ficando velha!! rsrs... E o pior de tudo: burra também!!

    "Beijos no coração"!!!

    ResponderExcluir
  24. Assino embaixo de tudo o que você comentou aqui. Pensei que somente eu fosse "ranzinza"...rs. Se me permite, vou acrescentar mais uma coisa que me tira do sério: entrar numa loja e ouvir aquela vozinha: "Posso ajudar?" .... (Hoje ouvi umas dez vezes... irgh!)

    ResponderExcluir
  25. Bom, agora eu cheguei aqui por conta da fotinho do Kevin Smith - delícia de ursão nerd!!

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...