sexta-feira, 28 de maio de 2010

Cometa


.


a noite 
consome 
o tempo
em estrelas
e pedaços 
imensos
dum 
desabitado
infinito


a noite 
solfeja as
paredes
de um 
silêncio
impreciso
e pálido


como 
o hálito
fálico
dum risco
quebradiço 
cortando
o céu

Lau Siqueira

Wanderley Elian


36 comentários:

  1. Pensei numa conversa, isso numa conversa, um poema conversado, versado e bonito!

    Abraço!

    Charlie B.

    ResponderExcluir
  2. A Noite é escura e poética ao mesmo tempo.

    Retribuo-lhe o teu abraço, amigo Wanderley!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a sua preciosa visita!
    Vim retribuir trazendo mil beijocas para você!!!
    Meu amigo virtual é diferente...
    Ele não olha nos meus olhos,
    Ele vê meu coração... Meu amigo virtual é diferente...
    Ele não percebe as minhas lágrimas
    Percebe o momento de me confortar
    Meu amigo virtual é diferente...
    Ele não sorrí, ele me faz sorrir...
    Meu amigo virtual...
    Você não sabe...
    Mas te procuro todas as noites .
    Você não sabe...
    Mas fico feliz quando você vem...
    Olho para você, na expectativa de um sorriso...
    Te espero assim como o sol espera pelo amanhecer...
    Te espero assim como a Lua espera pela noite...
    Certa que virá!
    Não me importa se vens através de telas...
    O que importa, é que venhas...
    Não sei porque te escolhí como amigo...
    Suas letrinhas são iguais às de todos os outros,
    Apenas suas palavras são firmes...
    Você consegue me fazer acreditar.
    Talvez você não saiba, mas quando me falas...
    Quando brincas comigo..
    Quando me escutas...
    Quando me amas...
    Exerce a nobre tarefa de um amigo REAL.
    Assim... Cativa-me...
    Escuto teu sorriso através do sons do teclado.
    Ouço teu coração através do meu coração,
    Sinto tua alegria através da minha alegria...
    Nunca deixes de vir...
    Só conhecemos a importância dos verdadeiros amigos,
    Quando começamos a perceber sua ausência,
    Quando chamamos por todos,
    E somente ele vem...
    (Fátima M. de Mendonça)
    Bom final de semana!!!

    ResponderExcluir
  4. Wanderley,
    A noite é concubina.
    É nas minhas noites sob o céu imponente, na companhia da majestosa lua e, suas estrelas guias que a serenidade e, placidez hospeda-se no lado esquerdo do meu peito como apreço.

    Semelhantemente, Wanderley desejo que os seus finais de dia sejam detentores de delicadas emoções ecoando em noites tranquilas e, amanheceres inesquecíveis.

    Ana

    ResponderExcluir
  5. A noite sempre misteriosa, envolvente e que nos faz sair de nós mesmos e flutuar de encontro ao vento.

    Linda escolha meu querido.

    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir
  6. A noite nos envolve e leva nos seus obscuros caminhos.
    Abs e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  7. Wanderley,

    A noite e seus mistérios, aonde tudo acontece...os amores se revelam, os silêncios que existem dentro de nós se fazem presentes...os Poetas escrevem...

    Lindo verso!

    Te desejo um ótimo final de semana!!!
    Obrigada por sua presença, sempre!!!

    Um beijo!

    Reggina Moon

    ResponderExcluir
  8. A noite pode ser bela, mágica e misteriosa,as vezes ´só depende d nós.

    ResponderExcluir
  9. Lendo versos o seu rasa sobre nós...
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Amigo, belo poema...
    A noite e seus mistérios... seus encantos...seu vivo silêncio...

    Beijos
    Valéria

    ResponderExcluir
  11. E se perdendo pelo mundo,,,sem fim....abraços de otimo final de semana pra ti.

    ResponderExcluir
  12. Uau!!!! Essa Lau sabe das coisas !!!
    Um poema sensual dentro de uma prosa instigante.
    Parabéns pelo bom gosto, Wanderley.

    ResponderExcluir
  13. Vim visitá-lo! Já tinha saudade! Palavras simples, certas, rítmicas ... Parabéns!

    Deixo-lhe um presente meu:

    Num momento de lazer
    Apraz-me mergulhar nas palavras
    Descobrir em cada uma delas
    Um doce
    Um amargo
    Um frio
    Um calor
    Um sentido
    Um no sense
    Um lugar
    Para ficar...
    E repousar...
    ... até que a palavra
    Me expulse
    E eu consiga
    Emergir
    Viver
    Sem pressa
    Com tranquilidade
    À espera da frase...

    Isabel Montez

    in À Flor dos Sentimentos

    ResponderExcluir
  14. Lindo!! *a noite consome o tempo em estrelas e pedaços imensos dum desabitado infinito* E eu tenho vontade de comê-las!!!! Não tem como não Amar, o poema e você, amigo de sempre.
    Deixo um convite de Amor: *a tarde é de oiro rútilo: esbraseia* Vamos contemplá, Wanderley?
    Beijos querido********
    Have a nice day*


    A tarde é de oiro rútilo: esbraseia.
    O horizonte: um cacto purpurino.
    E a vaga esbelta que palpita e ondeia,
    Com uma frágil graça de menino,

    Pousa o manto de arminho na areia
    E lá vai, e lá segue o seu destino!
    E o sol, nas casas brancas que incendeia,
    Desenha mãos sangrentas de assassino!

    Que linda tarde aberta sobre o mar!
    Vai deitando do céu molhos de rosas
    Que Apolo se entretém a desfolhar...

    E, sobre mim, em gestos palpitantes,
    As tuas mãos morenas, milagrosas,
    São as asas do sol, agonizantes...
    Florbela Espanca*

    Be happy always************
    Thanks

    ResponderExcluir
  15. Excelente poema... Gostei...

    Abração...

    ResponderExcluir
  16. CARACOLIS! já vi tanta coisa fálica ... mas hálito? rs ... enfim ... vai saber né?

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  17. A noite...nos traz estrelas e com elas a luminosidade de nossos sonhos.
    Perfect!!!!
    Bjkas

    ResponderExcluir
  18. Maravilhoso poema, cheio de encantamento...............Otimo final de semana pra vc e familia Abraço bróder, noite sempre misteriosa, sou um verdadeiro amante das madrugadas amo vida boemia.........

    Marquinhos

    ResponderExcluir
  19. Eu estava tão inspirado e acabei rindo o comentário do Paulo. kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Noite traz o seu silêncio que se apodera de tudo. Sou uma criatura noturna.
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Verdade...

    Seu bom gosto é inquestionável. Lindo poema, mesmo!

    Só mesmo alguém com a emoção à flor da pele pode dividir esses grandes achados com a gente.

    Montão de beijocas!

    ResponderExcluir
  21. belisimo tema. me encantó.
    un abrazo

    ResponderExcluir
  22. A noite perdida, qiando nos acha, derrama um mar de tesão. Como é bom se afogar desse jeito.
    Bj.

    ResponderExcluir
  23. Wanderley,a noite é onde moram os poetas!Linda escolha!Adorei essa poesia!Abraços,

    ResponderExcluir
  24. E quantos mistérios tem uma noite! So falta invadirmos, descobrir e deleitarmos desses mistérios.
    Abraço

    ResponderExcluir
  25. Você tem um bom gosto incrível nas escolhas de seus poemas.

    Adoro te ler...Me acalma.


    Bjos!

    ResponderExcluir
  26. meu querido amigo
    Que beleza de poema...adorei.
    Um escolha muito boa, para partilhar.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  27. Caro amigo.

    São tantos sentimentos
    que a noite consome...
    Esta métafora
    traz palavras profundas,
    embora que tristes,
    pois não há como ao lê-las,
    não nos identificar com algo
    que se perdeu pelo existir.

    Que haja sempre em
    teu coração espaço
    para os sonhos.

    ResponderExcluir
  28. Querido amigo Wanderley Elian, a noite esconde segredos vindos das estrelas...é magia pura...

    bom final de semana,

    forte abraço

    C@urosa

    ResponderExcluir
  29. Olá Wanderley! Passando para apreciar mais uma das tuas belas escolhas. Belo poema. A noite é uma eterna testemunha de coisas boas como o idílio dos apaixonados, e de coisas ruins como os conchavos políticos, por exemplo.

    Abraços e que fiques na paz de DEUS.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  30. O que é a noite se não um mistério,
    no breu do silêncio, salpicada de estrelas,
    responde aos chamados de olhos vãos...

    Profundo e reflexivo.
    parabéns!

    Lindo fim de semana pra ti meu amigo

    Bjs
    Livinha

    ResponderExcluir
  31. Oi, boa noite!
    Sempre fico muito feliz com a tua visita!
    E adoro te visitar!
    Vim ler as novidades daqui!
    Também vim te desejar um ótimo final de semana!!!
    "Saber Viver


    Não sei... Se a vida é curta
    Ou longa demais pra nós,
    Mas sei que nada do que vivemos
    Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

    Muitas vezes basta ser:
    Colo que acolhe,
    Braço que envolve,
    Palavra que conforta,
    Silêncio que respeita,
    Alegria que contagia,
    Lágrima que corre,
    Olhar que acaricia,
    Desejo que sacia,
    Amor que promove.

    E isso não é coisa de outro mundo,
    É o que dá sentido à vida.
    É o que faz com que ela
    Não seja nem curta,
    Nem longa demais,
    Mas que seja intensa,
    Verdadeira, pura... Enquanto durar"

    Cora Coralina

    Bjkas, muitas!!!
    Sônia Silvino's Blogs
    http://blogsdasoniasilvino.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. um lindo trabalho querido amigo, um bom final de semana, abraçosssssssss

    ResponderExcluir
  33. Gosot do que Lau Siqueira escreve , nao sei bem onde leio, acho que num blog.
    abraços W

    ResponderExcluir
  34. la noche refleja en las paredes un silencio impreciso y pálido, que gran frase querido amigo

    ResponderExcluir
  35. Caramba, muito interessante este poema. Nunca pensei no solfejar da noite sobre as coisas, no entanto, que música sombria e entorpecente deve soar de sua voz? Este poema deveria acompanhar um vinho seco, rascante, tinto, numa noite fria e estrelada dos céus mineiros. Saudades das Minas Gerais que não visito há anos. Bjs!

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...