quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Quarta-feira de cinzas




Acabou nosso carnaval
Ninguém ouve cantar canções
Ninguém passa mais brincando feliz
E nos corações
Saudades e cinzas foi o que restou
Pelas ruas o que se vê
É uma gente que nem se vê
Que nem se sorri
Se beija e se abraça
E sai caminhando
Dançando e cantando cantigas de amor
E no entanto é preciso cantar
Mais que nunca é preciso cantar
É preciso cantar e alegrar a cidade
A tristeza que a gente tem
Qualquer dia vai se acabar
Todos vão sorrir
Voltou a esperança
É o povo que dança
Contente da vida, feliz a cantar
Porque são tantas coisas azuis
E há tão grandes promessas de luz
Tanto amor para amar de que a gente nem sabe
Quem me dera viver pra ver
E brincar outros carnavais
Com a beleza dos velhos carnavais
Que marchas tão lindas
E o povo cantando seu canto de paz
Seu canto de paz

(Marcha da quarta-feira de cinzas)
Vinicius de Morais

Wanderley Elian




27 comentários:

  1. Não sou muto fã de carnaval, mas acho que deveriam colocar uma lei onde Somente marchinhas e sambas fossem permitidos nesta época.

    Bons sonhos.,,e graças à Deus que o Brasil volta a trabalhar.

    ResponderExcluir
  2. Meu querido amigo
    Nostalgico e belo poema de Vinicius.
    o Carnaval se foi...mas a vida está aí.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Acho importante trazer essa energia de alegria e cores pra nossa vida.Aprender a sorrir mais, ser mais gentil com mais união praticando essa lição.
    Montão de bjs

    ResponderExcluir
  4. Bom dia.
    O dinheiro no banco virou cnzas depois desses dias de farra (rs).
    Bom dia.

    ResponderExcluir
  5. Linda poesia e canção. Que possamos desfrutar de outros carnavais. Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Querido amigo,

    Quarta feira de cinzas,infelizmente o belo carnaval está em cinzas a muito tempo.A beleza dos salões onde o tempo passa e não volta, revolta...rsss

    Estarei um pouco ausente,mas vez por outra estarei neste cantinho tão acolhedor.

    Beijos de Luz!

    ResponderExcluir
  7. Aproveito esse texto do Vinícius para corrigir um pouco do que falei do carnaval. Gosto das marchinhas antigas sim. E não tem muito tempo, tínhamos belos sambas enredos . E digo mais... sou fã de Jamelão e Martinho da Vila. O que não vou deixar de falar nunca é da banalização de tudo que se faz na mídia. Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Que bom que acabou,,rs,,rs,,rs,,agora vamos continuar procurando nossa paz....abraços de bom dia amigo,

    ResponderExcluir
  9. Oi Wanderley, com esta marchinha de Vinícius dá vontade de recomeçar o carnaval! O triste fim poético do poetinha é um convite ao começo de tudo. Bjs! A propósito, coloquei no Blog Ecos da Cultura Popular a história de um lugar e um bar muito interessantes, passe por lá!

    ResponderExcluir
  10. Sabe Wanderley,
    Esse verso: "E no entanto é preciso cantar
    Mais que nunca é preciso cantar
    É preciso cantar e alegrar a cidade". É tudo!
    Um beijos.

    ResponderExcluir
  11. Bom dia!
    Hoje venho para trazer-lhe um presente especial, assim como você.

    Espero que aceite, pois é de coração. Dê um a passadinha no meu blog para pegá-lo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Minha segunda tentativa de postar hoje!!!rs

    Quero dizer que sua escolha para hoje foi fantástica, mas a minha será melhor: a poesia Wanderley Lima ainda hoje no 'CI'! Obrigado por aceitar o convite!
    Tô vivo!
    Beijos,
    Jr.

    ResponderExcluir
  13. Wanderley, não gosto de carnaval, prefiro outros feriados, mais enfim,
    essas marchinhas marcam a cultura e tradição do nosso País então nada melhor do que preservá-las e vamos.. que o ano ainda está apenas começando..rs!

    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Afffff... quem tá virado em cinzas sou eu... hehehe! I'm back, guri! Hugz!

    ResponderExcluir
  15. Oi Meu querido, não conhecia essa música de Vinícius de Moraes, acredita?

    Mas agora por aqui ouvi e acompanhei a letra e gostei muito.

    Beijos, saudades.
    Tenha uma boa tarde.

    ResponderExcluir
  16. Olá amigo,

    Simplesmente maravilhoso! Resta-me matar as saudades de Cabo Verde nos feitiços da melodia desta musica.

    Abraço

    ResponderExcluir
  17. QUE BOM QUE ACABOU REINA A PAZ NOVAMENTE!
    BJIM

    ResponderExcluir
  18. Wanderley,que linda essa poesia de Vinicius de Moraes!Triste mesmo para o povo que agora não tem mais festa pra cantar!Abraços,

    ResponderExcluir
  19. Olá Wanderley! Apesar da idade, confesso que não conhecia a marcha do Vinicius. Mas, acabou, agora é só esperar a divulgação dos números. Faço votos que os negativos não sejam tão altos.

    Bela escolha meu amigo. Grande Vinicius.

    Abraços e obrigado pela tua amizade.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  20. lindo poema.......Obrigada por me visitar.
    Beijos e Beijos M@ria

    ResponderExcluir
  21. Oiê Wanderley,
    Muito bom o carnaval desta época.
    Com lindo versos para cantar. E com certeza "é preciso cantar. Mais que nunca é preciso cantar
    É preciso cantar e alegrar a cidade".

    Muito bom
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  22. É isso que é preciso: o povo cantando seu canto de paz, não só em 4ª feira de cinzas mas, todo o ano.
    Beijo
    Graça

    ResponderExcluir
  23. tenho uma paixão declarada ao carnaval...mas este ano ele foi quarta feira de cinza desde o primeiro dia..
    Abração

    ResponderExcluir
  24. Wan,

    Uai....
    *risos
    li um texto seu no blog do Junior Vila nova (contatos imediatos) ... Amei. Vim deixar um beijo e não achei.

    Um beeejo e boa semana... resto de semana...
    aproveite as estaçoes...

    ResponderExcluir
  25. WANDERLEY
    Não sei o que mais admirar... se a Foto, se o Poema de Vinícius...!
    Parabéns
    Abç
    G.J.

    ResponderExcluir
  26. Essa foto é linda!!! Uma mistura de dor com alegria, se é que isso é possível!

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...