segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

O Sentimento do avesso









Por te querer tanto
não mais te quero
Por me fazer pranto
não mais espero
Por te querer encanto
não mais me espanto
Meu sentimento é avesso
verso e reverso
acolhimento e arremeço
os dois lados da mesma moeda
amor e ódio no mesmo endereço
Te quero aqui
te quero distante

te recebo em meu leito
te vejo errante
Aconchegada ao teu peito
te desejo amante
não te quero livre e saltitante
te almejo preso ao meu regaço
te encontro no tempo de um abraço
Vá embora
Fique aqui
Não demora
Saia de mim


Úrsula de Almeida Maia


Wanderley Elian

26 comentários:

  1. O querer e não querer é toda uma questão de querer e não admitir.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Lindíssimo. Parecido com os poemas do Renascimento *querer e o não querer mesclados Amor********* p x. Camões e +++++++++++ agora Russo +=== nosso Russo Everson demais*******Adorei!!! Linda escolha**********
    Pra relaxar um pouco Wanderley, trouxe um post do meu eu e dai?

    *LIBERDADE

    Fernando Pessoa

    Ai que prazer
    Não cumprir um dever,
    Ter um livro para ler
    E não o fazer!
    Ler é maçada,
    Estudar é nada.
    O sol doira
    Sem literatura.

    O rio corre, bem ou mal,
    Sem edição original.
    E a brisa, essa,
    De tão naturalmente matinal,
    Como tem tempo não tem pressa...

    Livros são papéis pintados com tinta.
    Estudar é uma coisa em que está indistinta
    A distinção entre nada e coisa nenhuma.

    Quanto é melhor, quando há bruma,
    Esperar por D. Sebastião,
    Quer venha ou não!

    Grande é a poesia, a bondade e as danças...
    Mas o melhor do mundo são as crianças,
    Flores, música, o luar, e o sol, que peca
    Só quando, em vez de criar, seca.

    O mais do que isto
    É Jesus Cristo,
    Que não sabia nada de finanças
    Nem consta que tivesse biblioteca...*

    Beijos da Rê*****************************
    Bom dia sempre.
    Relax************

    ResponderExcluir
  3. Perfeito... Como diz no poema, amor e ódio lado a lado. Poderia até mandar a minhas ex este poema, mas por ela tenho amor, mas ódio não... Não sei o que é isso...

    ResponderExcluir
  4. Já é o terceiro poema que leio hoje falando das incoerências e contradições do amor. E todos muito reais. Um abração e ótima semana

    ResponderExcluir
  5. é só dizer que eu saio ... pronto falei ... nhaaaa

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  6. Definições de quem ama,,,contradições de quem ama,,,loucuras e ternuras de quem ama...abraços amigo e uma belissima semana pra ti.

    ResponderExcluir
  7. Wnder, tudo jóia? Desculpe o sumicinhu...esou em plena mudança...uó!

    Bom, verdade, como vc disse em meu post, amor exige presença..e eu, ao contrário de Louis do Ausência Instável, sou uma Presença Estável quando estou namorando, e exijo mesmo.

    Com relação ao "Sentimento do Avesso", estou meio que sem palavras pra definir o que senti quando li porque é exatamente isto que eu sinto hoje. O texto definiu meu sentimento, estou speechless, sem palavras *___*.

    Um grande abraço viu, e ótima semana pra ti.

    Dand .^__^.

    ResponderExcluir
  8. Coríntios 13:4-7 “O amor é sofredor

    Obrigado pela visita e pelo elogio...
    gostei daqui, volto mais vezes..

    ResponderExcluir
  9. Vivo esse sentimento do avesso....por total.

    Beijos meu querido, uma linda segunda pra você.

    ResponderExcluir
  10. bOA TARDE.

    Amor é assim, as dor ou prazer, risos ou lágrimas, entender e não ser compreendido, mas ainda assim sempre será Amor.

    Ótima Semana.

    Renata

    ResponderExcluir
  11. Amor é assim, as vezes dor ou prazer, risos ou lágrimas, entender e não ser compreendido, mas ainda assim sempre será Amor.

    ResponderExcluir
  12. Hum! Amor avesso - as vezes te quero, outras vezes não* as veses te amo, outras vezes quero te ver longe de mim . . .

    Un Abrazo! Amigo!

    ResponderExcluir
  13. Olá Wanderley, mais um belo post.
    Isso é amor...e daqueles pra vida eterna, amém.[rs]
    "amar, desamar, amar sempre, e até de olhos vidrados,amar. (Drummond)

    Parabéns a você e à autora desse lindo poema.

    Uma beijoca

    ResponderExcluir
  14. O amor e suas contradições!Lindo de viver!Amei!Abraços,

    ResponderExcluir
  15. Olá Wanderley! Passando para te desejar uma ótima semana e aproveitar para me deliciar com mais uma das tuas belas escolhas.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  16. Muito Lindo! Parabéns à autora Úrsula e pra vc que teve a sensibilidade de nos ofertar esta beleza de poema! Bjs!

    ResponderExcluir
  17. Olá WANDERLEY
    Obrigado pela visita.
    Excelente este poema.
    Abç
    G.J.

    ResponderExcluir
  18. Ká Entre Nós, tem declaração de amor em nosso blog pra VOCÊ!
    Bju, enjoy it!
    Alê

    ResponderExcluir
  19. Dizem que amor e odio caminham lado a lado...
    Agora sei... o amor e odio no mesmo endereço.

    Muito lindo, paabéns pelo bom gosto.
    Tenha uma excelente semana.

    ResponderExcluir
  20. Amo a sua visão do amor...
    É belíssima!
    Ótimo como sempre.
    Beijo!
    Juliane S. Rocha

    ResponderExcluir
  21. Wanderley,
    Uma das mensagens mais lindas que já vi por aqui! Não conhecia, adorei... mesmo!
    Uma boa semana, querido!
    Jr.

    ResponderExcluir
  22. Passei para um beijo...



    PALAVRA


    O amor...
    Palavra pequena...
    Palavra simples...
    Mas palavra...

    ......

    Palavra...
    Que é...
    Forte...
    Palavra...
    Que é...
    Imprescindível...

    ......

    Que todos querem...
    Pois quem não sabe...
    ...Amar...
    Não sabe também...
    ...Viver!...

    LILI LARANJO

    ResponderExcluir
  23. conhecia essa poetisa nao,
    adorei o texto.

    abs wanderley

    ResponderExcluir
  24. É sempre bom ter você no Chá sabia?
    Quanto o post..
    Detesto despedidas,o fim sempre é muito traumático, mas as vezes necessário..

    Bjs

    ResponderExcluir
  25. Bárbaro não existe tempo existe apenas sentimento...paz.

    ResponderExcluir
  26. poesia bela...
    tbm não conhecia ela.
    mas ainda bm q temos blog como o seu q
    proporiciona novos "rumos" *-*

    alias mudando de pato pra ganso
    e pode ser o ganso do santos....
    só duas coisas desgaradaveis...

    meu time q perdeu.
    ainda com gol que o rogerio ceni foi empurrado por um homem invisivel..
    ou tava pulando carnaval num sei

    e o calor.
    é tanto q já posso participar de uma são silvestre no deserto do sAara!
    *-*

    um abraço e feliz dia da revolução portuguesa
    quando todas elas cortaram seus pelos do suvaco e tiraram seus "vigódis" e gritaram...:
    PORTUGAAL MUDOU-SE

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...