segunda-feira, 14 de março de 2011

Sordidez


Gosto de ambientes sórdidos,
das madrugadas sombrias,
da radiola de ficha.
Gosto do cheiro da fumaça.
do gosto da bebida,
do michê barato.
Gosto do gosto amargo dos
amores fracassados,
chorados no balcão do bar.
Gosto de viver a noite. 

Wanderley Elian



81 comentários:

  1. Uma melancolia, uma vida cheia de boemia...descrevestes aqui lindamente.

    Bjs

    Mila

    ResponderExcluir
  2. Grande professor...nas baladas noturnas sombrias com som dos anos oitenta na augusta....

    sim professor eu sei oque é sentir falta disso !

    abraço.

    ResponderExcluir
  3. As palavras podem até exprimir em seu poema intitulado "sordidez" um ar irreverente e/ou sórdido como mandam o figuro, no entanto seu poema translada arte e perfeição artística quando você cria um eu-lirico que busca deste o michê barato até as construções dos gostos exemplificados. Amei seu texto.

    ResponderExcluir
  4. Todo poeta gosta da loucura da propria poesia...do proprio cenario inventado...abraços de otima semana pra ti meu amigo,,,e os 7 encaixaram bem...rs..rs...

    ResponderExcluir
  5. Depois que o padre me disse que gente que leva esse tipo de vida vai pro Inferno e, igualmente, o pastor me condenar ao Lago de Fogo pelos mesmos motivos...eu parei com tudo. Larguei o cigarro, a bebida e sexo só duas vezes por ano.

    Uma observação: de tudo o que eu falei, só uma coisa é verdade. E, é claro, não revelarei.

    Abraços,

    ResponderExcluir
  6. Desses "gostares" só fico com a noite quando enluarada rs
    gosto de lençois brancos , do cheiro do vinho e do cheirinho que exala do café quentinho
    e por favor água nesse banheiro ... rsrsrs

    boa semana Wander meu grande abraço

    ResponderExcluir
  7. Não entendo o teu gosto pela sordidez.~
    Porque não amas o que é belo e esqueces os dias amrgos...?

    É preciso ultrapassar essa visão e se ela existe será apenas para nos devolver à beleza da vida

    ResponderExcluir
  8. radiola de ficha eu gosto e da noite sem aparatos,


    abraço

    ResponderExcluir
  9. Parabéns aos poetas amigo.

    Um bom dia para vc.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  10. Amigo,

    E quem disse que a noite não tem seus encantos??

    Bjs e boa semana!!

    ResponderExcluir
  11. Melancolicamente poético e bonito!

    Um abraço

    ResponderExcluir
  12. Oi querido...
    Poema sincero...a noite é rica, tem um pouco de tudo.
    Tenha uma ótima semana...beijinhos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  13. Viver sem esparadrapo.
    Apenas viver.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Oi Wanderley, que barato!
    Um Wanderley "bukowskiano", d+. Você devia sempre poetar, amigo. Adoro radiola de ficha, me lembra um barzinho no Arkansas chamado Vino's. :)
    Tava com saudade de te ler.

    Bjux e boa semana!

    ResponderExcluir
  15. Ah Wanderley, eu também! Ás vezes essa escuridão, é bem mais autêntica que a luz do dia...

    Parabéns pelo poema!

    Beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  16. Wanderley,

    Sabe que tb tenho esse meu lado melancólico, daqueles que gostam da noite e isso tudo que voce descreveu...

    Grande beijo e boa semana!!

    Reggina Moon

    ResponderExcluir
  17. Desejos inexplicavelmente sordidos.

    É assim mesmo.

    Abraço!♥

    ResponderExcluir
  18. A "vida" é bem melhor para os homens..., mas a gravura deu nojo.
    bjos

    ResponderExcluir
  19. Bom dia, querido amigo Wanderley.

    O antagonismo é cheio de poesia.

    Lembrei-me de uma frase do Joãozinho Trinta, quando ele foi taxado como o carnavalesco que mais gastava com luxo.
    Ele respondeu assim:
    __Quem gosta de miséria é intelectual.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  20. É.Cada um com jeito ímpar
    peculiar de ser...

    beijos querido..

    ResponderExcluir
  21. Também sou da noite! Adoro!

    Bjs amigo Boêmio!

    ResponderExcluir
  22. Querido amigo hoje Dia Mundial da Poesia ..
    Convido você a ler a homenagem feita
    no meu blog a todos os poetas,
    Um lindo dia beijos,Evanir.

    http://aviagem1.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Não gosto destas coisas não. Parece banheiro público kkkkkkkkkkkkk


    Beijos

    E eu volteeeeeeeeeeeei!

    ResponderExcluir
  24. Que gosto mais exótico o senhor tem!

    Eu gosto de experimentar novos sabores, se azedos ou doces pouco importa, quero que sejam fortes, presentes e intensos... Além disso quem disse que a gente precisa ficar só no azedo? Quando enjoarmos nós podemos procurar o doce. Depois voltar pra o azedo. E assim é que eu vivo...

    ResponderExcluir
  25. Olá,
    obrigada pelo comentário.
    parabens a todos nos.

    um grande abraço!

    ResponderExcluir
  26. Traduzir discussões
    Apartar brigas
    Elogiar bêbados
    Enganar garçons...

    ...Também é muito bom!

    Abraços
    Tácito

    PS - Vc tá tomando gosto pela coisa ou é por causa do dia da poesia? (rs)

    ResponderExcluir
  27. Mas em momento algum eu disse que voce nao gosta de experimentar (rsrsrs).

    A sordidez pode não ser lá o sabor mais agradável, mas em alguns momentos é o seu sabor que queremos sentir.

    ResponderExcluir
  28. Muito bom, Wanderley...confesso que concordo com você... o ébrio em uma madrugada escura e encardida com recordações pesadas e doídas...

    Aproveito para lhe convidar a participar do sorteio que estou fazendo em meu blog Desce Mais Uma!.

    []s

    ResponderExcluir
  29. Balcão de bar é TUDO na minha vida. Acredite. Hehehehe! Bjz!

    ResponderExcluir
  30. Querido, eu também gosto...
    Mesmo sentindo uma pontinha de medo, eu sempre escolho a ousadia! bjos!

    E vamos confiar na vida! ;)

    ResponderExcluir
  31. Amigo querido,

    Lhe ofereço poesia
    Pois de ti também recebo...
    E nem é preciso embrulhar pra presente...
    Porque é de alma que a doamos...
    E é de alma que a recebemos...

    Poesia não se faz... Nasce...
    Brota das entranhas de invisíveis seres
    Que habitam a alma de um poeta...

    Ela está dentro e fora de nós...
    Está na terra, no ar, no céu e no mar...
    Na magia dos deuses... Nos sonhos que bailam
    Ao som de harpas em salões celestiais...

    Ela penetra surda no reino das palavras
    E assim vai colorindo o mundo
    Com as cores da Paz, do Amor, e da Alegria...
    Deixando sempre nas entrelinhas
    Partículas d'alma do poeta que a pintou...

    Então, viva a POESIA!!!
    Aplausos a você POETA!
    Porque sem o poeta, a poesia hibernaria...

    Com meu carinho...
    Flor da Vida(Suelzy Quinta)

    Março é o mês da poesia,
    14- dia nacional, 21- dia mundial

    ResponderExcluir
  32. Ainda gosto disso tudo também, mas, o tempo passa, aí vivemos de recordação.
    Abraço

    ResponderExcluir
  33. Um poema solitário e só seu.
    Feliz dia da Poesia
    beijos um semana de paz

    ResponderExcluir
  34. Para muitos poetas a noite é a metáfora da morte, mas para outros é a própria metáfora do prazer. Eu particularmente adoro a metáfora do prazer. Nos porões da noite vivi muitas proções de ilusão.
    Beijos meu amigo!!!

    ResponderExcluir
  35. Eu nunca fui da noite, mas o poema ficou legal! Bem estruturado! abração,chica( lá vai a chica/ com um balde na mão/entrar nesse banheiro/ jogar água no chão!rsrsr )

    ResponderExcluir
  36. Gostei Wanderley do seu gostar. Tem seus encantos.
    Beijos,
    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  37. Já dizia o poeta que de louco todos temos um pouco...
    Beijo d'anjo

    ResponderExcluir
  38. Contundente, forte, consistente, mas nem por isso deixou de ser belo o seu post. O mesmo digo do blog. Talvez seja um dos mais bonitos e transados que já tnha visto. Recomendadíssimo! Parabéns. Bjs.

    ResponderExcluir
  39. Amigo! Amei seu poema* Parabéns! Muito bom*

    Uma boa noite!

    Abraços,
    Lu

    ResponderExcluir
  40. Parabéns pelo seu dia, poeta.
    Passei por aqui para uma visita mas já o estou seguindo, porque gostei. Gostaria de tê-lo comigo também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  41. meu querido, que poesia bela, trsite, mas belíssima. bjs

    ResponderExcluir
  42. Desfolhei o seu blog e dei uma voltinha por aqui. Muito bom e repleto de ótimas edições. Abbaço

    ResponderExcluir
  43. Eis aí uma experiência que todos deveriam ter.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  44. Gostei muito da noite já, mas hoje em dia ando meio fugida dela...um certo pavor, sei lá.
    Ficou legal sua poesia meu querido.
    Beijos, muitos.

    ResponderExcluir
  45. Caraca, gosto não se discute! mas, gostei da constatação nua e crua! bjs!

    ResponderExcluir
  46. Poeta, parabéns pelo seu dia.
    Obrigado por nos brindar com seus poemas e tornar nossas vidas mais amenas.
    Bjx. Um abraço

    ResponderExcluir
  47. Adorei este poema...Teu blog esta lindo...Grande abraço!
    ..
    Ah to com novo blog:
    http://lcambara.wordpress.com

    ResponderExcluir
  48. O gosto amargo dos amores fracassados é que nos devolve para nós mesmos...

    Beijo!

    ResponderExcluir
  49. Grita poeta!!!!!!!!!!! Deixa mesmo sair esse talento! Maravilha de poema. Parabéns e obrigada por me prestigiar viu! Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  50. Após várias tentativas enfim consigo comentar no seu Blog! Como criatividade própria dos inteligentes historiadores achei perfeita sua composição sobre a sordidez humana, bem colocadas as nuances, perfeito! Abraços.

    ResponderExcluir
  51. OLÁ QUERIDO AMIGO,

    SUMIDA REALMENTE, FACULDADE, TRABALHO, MARIDO ENFIM ...O TEMPO QUE SOBRA É CURTO, CONTUDO NÃO PODERIA DE DEIXAR DE PASSAR NESTE CANTO VIRTUAL MARAVILHOSO E DELICIAR ESTA TUA ESCRITA INEGUALÁVEL.

    bEIJOS DE lUZ!

    ResponderExcluir
  52. Wanderley !
    palavras que soam com uma voz interior.

    beijos querido e boa semana pra vc !

    ResponderExcluir
  53. Um belo dia pra ti meu amigo...abraços.

    ResponderExcluir
  54. Bom dia, Wan.
    Aqui hoje chove, mas o abafado continua, adorei “Sordidez” só que não acho que amar o lado boêmio seja abjeto, as palavras se encaixam como choque o michê barato, vulgar descompromissado, os fracassos tanto estão nos lugares sórdidos, como nos ditos dignos, nas mesas forradas com toalhas de brocado.
    Execrável talvez seja não viver ou gostar de nada.
    Obrigada por suas visitas e nunca deixe de ir ao meu cantinho “Ignóbil” hahahahaha
    Beijux

    ResponderExcluir
  55. Pessoas da noite são o que não faltam por ai...

    Beijo Wander!

    ResponderExcluir
  56. Tem razão! Saudade não tem idade! E agradecido pelo "menino"... haha! Bjz!

    ResponderExcluir
  57. Olá meu amigo!!

    Será que ainda choro em um balcao de bar?... nao sou bohemio, choro a tardinha ... (risos)

    Um forte abraço nos encontramos no Alma.

    Vinicius.

    ResponderExcluir
  58. Olá querido, obrigada pelas tuas visitas maravilhosas e cheias de carinho... os textos, como sempre prendem aqui os meus olhos. bj

    ResponderExcluir
  59. Éh... tudo isso e mais um pouco!

    ResponderExcluir
  60. Tem coisa melhor do que ter gostos... etorná-las reais? Bela forma de versejar meu amigo poeta, Fico muito feliz quando passa nesse meu engatinhar.

    ResponderExcluir
  61. Ufa!Demorei pra chegar aqui!...rsss...linda demais sua poesia,Wanderley!A noite tem encantos de poesia!E a tal radiola de ficha...AMO!Bjs,

    ResponderExcluir
  62. Olá meu amigo, a noite a boemia é tudo de bom. Belo poema também gostei do Pequeno poema, interressante. Uma linda noite para ti, e beijinhos carinhosos.

    ResponderExcluir
  63. Perfeita combinação sórdida essa ;=)

    ResponderExcluir
  64. Gosto forte pela vda...beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  65. Uma ótima noite e semana p vc meu amigo
    abraços

    ResponderExcluir
  66. Amigo, querido, pelo que venho passando posso afirmar que eu nao gosto da sordidez. Eu tenho lidado com uma pessoa repugnante. Eu prefiro tudo que me remeta à paz.

    ResponderExcluir
  67. Oi, Wanderley
    Voltei aqui ainda nesta postagem só pra te dizer que concordo inteiramente com o que você colocou no seu perfil. Pelos seus últimos comentários lá no "Amadeirado" já tenho certeza absolutra de sua criatividade, amizade e sensibilidade. Com o tempo, vou descobrir mais. Obrigada pela sua gentileza comigo. Bjs.

    amigável . sensível .
    amante e amado .
    quer saber mais .
    descubra

    ResponderExcluir
  68. Voltei com um blog novo,o antigo foi denunciado.
    Beijosssssssssssssss

    ResponderExcluir
  69. Amar, porque nada melhor para a saúde que um amor correspondido.
    Vinícius de Moraes

    Dia e noite, noite e dia! Complemento: assim como os pares que se amam! Seja na sombra ou na luz, tudo é UM com tudo!

    Abraço, querido! E vamos confiar na vida!

    ResponderExcluir
  70. Tambem sou um ser da noite...Adoro as madrugadas...beijos achocolatados

    ResponderExcluir
  71. Gosto não se discute, mas eu gosto da noite.
    Não com essas nuances, mas gosto.
    Eu sou da noite.

    Mas o que venho gostando mesmooooo,são seus escritos. Deveria fazer isso mais vezes Wander.

    Um abração meu querido!

    ResponderExcluir
  72. Todos temos de certa forma uma natureza noturna. Belo texto.
    Estou deixando alguns selos no meu blog pra você.
    Feliz Dia do Blogueiro!

    ResponderExcluir
  73. Lindamente sórdido!
    Lembra um chorinho.

    bjo Wan!
    =)

    ResponderExcluir
  74. Não sei se sairá dois comentários, mas tem um selinho para você no meu INFINITO, amigo!!!!

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...