quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Depois do amor


Depois, o compromisso.
Os corpos retomam suas fronteiras.

Essas pernas, por exemplo, minhas.
seus braços o trazem de volta.

Nossos dedos, nossos lábios
admitem sua propriedade.

Nada mudou, exceto
o momento em que

o lobo, o lobo ávido
que fica fora do eu

deita-se suavemente, e dorme.

Judith Viorst

Wanderley Elian

34 comentários:

  1. Olá Wanderley! Belo poema. Muito profundo. Bela escolha. Parabens!

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  2. Oi meu querido, que poesia linda você escolheu para lermos, nossa eu amei.
    Realmente depois a gente dorme, feito criança.

    Beijos cheios de saudades.
    Espero que esteja curtindo muito seu passeio.

    ResponderExcluir
  3. Apenas um bom sono nos faz descansar e esquecer os desejos e os sentidos que nos fazem viver sempre em busca de algo mais e melhor

    ResponderExcluir
  4. Querido amigo, lindo e doce poema. Adorei. Beijocas

    ResponderExcluir
  5. Gostei: "Depois, o compromisso."
    Tem selo pra você lá no blog.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Amo suas autorias e escolhas!
    Beijinhos e um lindo dia!

    ResponderExcluir
  7. É verdade, lobos também dormem... ótima postagem meu querido...

    Abração...

    ResponderExcluir
  8. O descanso do guerreiro.
    Um belo final.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Wander...que lindo!!!
    Beijossssssssssssss

    ResponderExcluir
  10. Wanderley,

    Lindo verso...Depois do Amor...
    Isso sempre rendendo maravilhas que os Poetas nos presenteiam...ótima escolha!

    Grande beijo meu amigo....um bom dia!!

    Reggina Moon

    ResponderExcluir
  11. Depois do amor....

    Um entre(laçar)adormecido!

    apenas nas "asas dos sonhos"

    IT

    ResponderExcluir
  12. Meu querido
    Passando para deixar o meu beijinho.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  13. Só para ler seu poema e deixar um beijo. Beijo Amelia

    ResponderExcluir
  14. E após a um intenso esforço do ato de amar, os corpos pendem pro lado e descansam o sono dos justos.
    Abraço

    ResponderExcluir
  15. Depois do amor...o poeta descansa...para um novo recomeço...
    Beijo d'anjo

    ResponderExcluir
  16. Constatado: Você tem bom gosto
    bjoo

    ResponderExcluir
  17. Que bonito!
    Tantos poemas descrevem o ato de amar...e tão poucos descrevem o momento após o amor.
    E esse poema é muito bonito, gostei!
    bom dia!

    ResponderExcluir
  18. Amor bom e intenso é belo como essa poesia e nos faz dormir suavemente depois!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  19. Excelente a concepção lírica de um amor sadio e revigorante...

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  20. Meu amigo espero que estjea aproveitando a viagem.
    É verdade, e depois o descanso, o sono que revigora e nos prepara para o próximo compromisso, momento!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  21. Wanderley

    Mesmo com falta de tempo

    Vim deixar um beijinho

    ResponderExcluir
  22. Nada como um bom banho depois do amor (e mais amor depois)

    ResponderExcluir
  23. Aproveita bastante a viagem e volte com a corda toda!
    Lindas palavras, bela escolha.
    Beijos da Lady

    ResponderExcluir
  24. Olá Wanderley, mais um belo poema de um autor que não conhecia, parabéns pela escolha.

    Tem uma boa noite.

    Bjs

    Sãozita

    ResponderExcluir
  25. Lindo poema !
    Queridíssimo, espero que vcs esteja aproveitando muitãozãozãooooo...Saudade.

    Bjs meus !

    ResponderExcluir
  26. Belo poema!!! E espero que sua viagem esteja sendo maravilhosa...beijinhos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  27. Ótimo poema... ;) Muito bonito. E verdadeiro...

    ResponderExcluir
  28. Gostei da imagem do lobo, somos selvagens, livres, cansamos, gozamos, dormimos. Belíssimo.

    Abração.

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...