quarta-feira, 13 de abril de 2011

Claustrofabia


Vivo num quarto sem
janelas,
quando quero respirar
abro a porta.
Na mesa de cabeceira,
um rádio de pilha e
um copo com água,
o medo dorme
na cama ao lado,
quando acordo,
ele acorda também
e me segue por 
onde vou.

Wanderley Elian

93 comentários:

  1. e vamos carregando nossa insegurança pela vida... mas... vamos conseguir fazer de nossas fraquezas aliadas para vencer!!!

    bjo grande

    ResponderExcluir
  2. O medo é o nosso maior inimigo, pois ele só nos ataca qndo estamos em situações delicadas, precisando de forças...

    Bjss

    Mila

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho muito medo do escuro...aff.
    é terrivel.
    Beijossss menino

    ResponderExcluir
  4. Mentirinha pra eu dormir nao?
    rsrs
    Tenho medo do medo Wanderley
    precisamos equilibrio e mente arejada porque é crescente .
    Nao tenho medo , ás vezes durmo com a luz acesa.
    só as vezes rsrss muito raramente.
    Hoje , talvez!

    abraços

    ResponderExcluir
  5. Na actualidade muitas pessoas vivem enclausuradas em si mesmas. Algumas tem portas ou janelitas, mas a maioria cercam-se de grades e redes evitando ver a realidade que o cerca

    ResponderExcluir
  6. Ai, Wanderley...
    Medo é coisa doída!
    Mas a clausura piora as coisas...
    Lindos os seus versos, amigo!
    Abraço bem apertado.

    ResponderExcluir
  7. oi Wanderley,

    medo é um ponto escuro que nos assombra os pensamentos,
    devemos aprender a colorir esse ponto,
    tentar todos os dias e
    conseguir...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Medo do invisível. Sei do que se trata. Conheci isso há pouco tempo. É terrível.
    Wanderley, adoro quando você "proseia".
    Um beijo e bom dia!!!

    ResponderExcluir
  9. Receita para o fim
    do paradigma
    e da fobia

    Despeje a água por cima do rádio
    ESpere que deixe de funcionar
    No leito do medo
    Vá se lá deitar
    Resulta sempre
    Sucesso assegurado
    O medo não suporta ser confrontado
    no seu próprio território
    fica possuido
    pelo demónio

    ResponderExcluir
  10. Wanderley...
    Acho que todos vivemos num quartinho parecido...mas devemos ter orgulho dos nossos medos, são eles que nos livram de sermos super-heróis...

    Carinhosssssssssss

    ResponderExcluir
  11. Esse medo está dentro de ti..se alimentando da sua poesia...da sua alma,,,abra a porta e deixe ele sair,,,ou melhor,,,mande o embora...abraços de bom dia pra ti amigo,,,hoje tem,,,pra ser o melhro de todos...

    ResponderExcluir
  12. Perfeita expressão desse sentimento de opressão...Lindo! abração,chica

    ResponderExcluir
  13. Wan.

    Todos temos estes momentos e não são poucos, adoreiii tua visão. Quanto a série coloquei o video inteiro por que não assisti no dia ri tanto que resolvi postar, Jorginho é show mas a cena da boate é tudo... rsrsrsrsrs...

    Beijux

    ResponderExcluir
  14. Um abraço enorme pela força.
    Deixa o amor dominar-te em vez do medo, acredita apesar de doer, dói menos. abraço bem forte, deste que só os amigos sabem dar.

    ResponderExcluir
  15. Nesse mundo Wanderley, o medo vem para ficar do lado mesmo. Real e atual seu poema. Bonito amigo!
    Bom dia!

    ResponderExcluir
  16. Meu quarto está sempre aberto, portas e janelas escancaradas, brisa constante, música sempre, os amigos entram e saem mesmo q virtualmente ... enfim ... não tenho medo da vida ...

    ResponderExcluir
  17. Querido amigo,

    Por que o medo anda assim tão latente em nossa sociedade contemporânea??

    Bjs!!

    ResponderExcluir
  18. Eu tenho medo de solidão. Ficar sozinho. Isso sim me dá medo.

    bjão

    ResponderExcluir
  19. Oi Wanderlei! O medo é uma péssima companhia, Mas no texto fico muito bom. Beijos

    ResponderExcluir
  20. Bom dia, querido amigo poeta.

    Claustrofobia... Se um elevador estragasse comigo lá dentro, acho que não resistiria muito tempo.

    A solidão já me acompanhou durante tanto tempo,que perdi o medo dela. Na época, ela virou a minha companheira.

    Um grande abraço.
    Felicidades!!

    ResponderExcluir
  21. o medo também me faz de companheira. As vezes sinto raiva, depois não sinto nada, só me conformo.
    bjs bjs

    ResponderExcluir
  22. Ai Ai Ai... Pior, que o medo agora tá mais acordado do que a gente... risos. A gente vive com medo de tudo não é meu amigo?!

    Grande beijo Elian!

    ResponderExcluir
  23. Olá meu amigo!!

    Em particular gostei muito desse texto!! Me identifiquei!

    Perdoa minha ausencia- eu estava viajando mas cá estou de volta!

    Espero ve-lo no Alma, nossos textos guardam algo em comum- falo sobre MEDO.
    EU GOSTARIA QUE PUDESSE LER!

    Um forte abraço e ótimo dia!

    ResponderExcluir
  24. Meu querido prof. Elian passo aqui para deixar meu abraço e agradecer sempre o acainho e as visitas..."todos os dias quando acordo não tenho mais o tempo que passou...". Ainda tenho muitos medos, e tenho um em especial que teima em espreitar-me quando acordo magicamwnte todos os dias, mas não desisto, acho até que ele me estimula a viver o dia, até o próximo. Meu mundinho é um quarto sem janelas, quando quero respirar entro na blogosfera e visito amigos...
    ps. Um imesno abraço.
    ps.

    ResponderExcluir
  25. Meu filho de 4 anos só anda de carro coom todas as janelas(vidros) abertos ele passa mal.
    Da hora teu blog
    parabéns.
    Seguindo certo,me segue ai tbm.
    http://hiphopactivistface.blogspot.com/
    abçs
    @Ativista2

    ResponderExcluir
  26. Quem de nós nunca viveu pelo menos por algum momento num quarto assim que atire a primeira pedra...
    Quartos assim fazem parte desta estrada chamada VIDA!!!
    Um grande abraço, meu amigo

    ResponderExcluir
  27. Oi querido,

    Cada um de nós tem seu próprio quarto sem janelas em alguma fase de nossa vida.

    O bom é que temos também "marretas" e podemos, a hora que acharmos que devemos, fazer um buraco enorme na parede... Criando ali uma linda janela onde podemos mandar o medo que dorme na cama ao lado, voar pra longe de nós...


    Beijos

    Ani

    ResponderExcluir
  28. Sensacional, nota 1000 amigo. Parabéns.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  29. O medo nos ajuda ou nos atrapalha, depende da visão e do pensamento!
    parabens pelo blog!

    Felipe Wagner

    ResponderExcluir
  30. è terrivél a fobia, eu tenho de lugares muito apertado, me deixa sem folego.
    Abraço

    ResponderExcluir
  31. Mas, Elian, ouvi no rádio que há novidades por aí...
    Bj*

    ResponderExcluir
  32. Mas me diz em que torre fica esse quarto que vou aí te resgatar, belo mancebo!!! Heheheheh! Bjz!

    ResponderExcluir
  33. eu não podia viver nesse quarto... me sentiria sufocada pela ausência das janelas... e cedo ou tarde brigaria com o medo, me seguindo a todo lugar... ia mandá-lo pastar. me revolto as vezes. (risos)

    ResponderExcluir
  34. PENSAMIENTO MUY BIEN PENSADO.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  35. sem janelas? então morres de calor?
    tadinho...
    rs

    beijos queridão

    ResponderExcluir
  36. Ai! Sufoquei! rsrs

    Bjs, querido!

    ResponderExcluir
  37. Como é ruim passar por fases assim, onde a angústia é quase uma presença palpável, né?

    Obrigada pela visita, seja bem-vindo ao blog, tá?

    Um beijo grande. ;)

    ResponderExcluir
  38. Wanderley. Belo poema. Adorei! Temos medo de nos entregarmos, medo de sofrer uma dor, medo do que não sabemos etc. Já li e não me lembro de quem é a frase, "não tenha medo de crescer lentamente, tenha medo apenas de ficar parado." Grande abraço.

    ResponderExcluir
  39. Peça para elesentar e coloque uma musica suave, e alivie a alma ,ele não suporta felicidade vai embora ,logo,logo.
    beijo Wanderley

    ResponderExcluir
  40. Oi.. Adorei seu Blog.. Só para retribuir o Carinho.. Estou a te seguir..
    Realmente muito boom..

    ResponderExcluir
  41. Wanderley,


    Sempre com belas construções poéticas!


    Ah, o medo já tem medo de mim! rs


    Um abraço, Marluce

    ResponderExcluir
  42. Wanderley,

    Olá, texto de conteúdo triste, solitário.
    Alguma vez na vida, todos nós sentimos isso.
    O vazio da vida, a desesperança...

    No momento estou tentando fazer alguém sair dessa, meu filho! Ele está bem assim, casamento desfeito, solidão.

    abraços,

    sonia.

    ResponderExcluir
  43. Ah meu querido amigo, essa descrição parece minha...tenho tido tanto medo.
    É uma luta constante e diária contra isso.

    Beijos enormes pra ti.

    ResponderExcluir
  44. Amei o Claustrofabia!

    Intão vc tá no Face????
    Vou te procurar lá!

    Abração!
    Bjux Lux!

    ResponderExcluir
  45. E como alguém claustrofóbico vive num lugar sem janelas sem surtar?

    Beijo Wander!

    ResponderExcluir
  46. O medo é apenas mais um sentimento...beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  47. O medo faz parte da vida e de nós, o uqe não podemos fazer é deixar ele nos paralisar...
    Beijosss

    ResponderExcluir
  48. O medo é assim né amigo, ele insiste em nos acompanhar e se perde vem outro numa ciclica terrivel,fazer o que? Isto fazer poema belo com toda inspiração.Um abraço.

    ResponderExcluir
  49. o medo até a medida de nos proteger é bom além disto paralisa

    Beijos Wanderley

    ResponderExcluir
  50. pois é, amigo, parece que não tem como nos livrar do "quarto sem janelas"; mas quem sabe dá prá abrir um buraquinho prá deixar a luz do sol passar...

    ResponderExcluir
  51. Nussa! Perfeito texto.
    Veja aí o horror, tirando o sossego.
    E que sono será este, será de fato
    que dorme, quando o bicho lhe faz
    companhia numa cama bem do lado...

    Terrivel!

    Bravo, adorei!

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  52. E é assim que muitos vivem hoje os que tem e os que esstão desenvolvendo medos devido o mndo e as pessoas.

    ResponderExcluir
  53. Wanderley,
    O teu texto é tão perfeito que me deu agonia. Então me deu vontade de enfrentar este cenário, ok?

    Pega um machado e abre uma janela neste quarto. joga a cama fora e durma na rede. Jogue fora o rádio e aprenda a cantar. Ah, e arranje um gato. Gatos sempre espantam bicho-papão. Aliás, eles se alimentam deles hehe.
    bjs,

    ResponderExcluir
  54. Não precisas ter medo, como disse Divaldo para uma senhora, o pior que pode lhe acontecer é morrer, e como a morte não existe...
    será que temos medo de nossas reações, ou falta delas?
    de nossos pensamentos? sei lá...
    ótima reflexão...
    Beijos

    ResponderExcluir
  55. O que temos não perdemos, mesmo que tentamos esquecer.

    Bj.

    ResponderExcluir
  56. Eu nunca fui de sentir medo, pois desde muito cedo, me conscientizei de que as coisas somente acontecem, quando têm de acontecer, mas não quero dizer com isso que eu não procure evitar que aconteçam. Um homem precavido vale por dois, ou mais!

    Abraços e muita paz pra ti sem medo. Rsrs.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  57. Quando comecei a ler os textos desse blog, pensei, preciso seguir estas ideias. Tô te seguindo.Um abraço!

    ResponderExcluir
  58. Hoje em dia, da forma como as coisas ocorrem no dia a dia por todo o mundo, me fazem sentir num quarto fechado. Queria a minha liberdade!

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  59. O medo é um fantasminha sustentado pela máquina. O jeito é tentar neutralizá-lo.
    Mais uma boa reflexão.

    Abraco!

    ResponderExcluir
  60. é algo aflitivo viver com medo... como se fôssemos encerrados eternamente em um túmulo minúsculo, sem chances de sair dele. mto triste...

    ResponderExcluir
  61. Muito bom mesmo esse poema, o medo faz parte da vida e não devemos ter medo.Parabéns por seu espaço poético, gostei de conhecer.

    ResponderExcluir
  62. Resta-nos ir lutando, diáriamente, contra o medo que nos persegue.

    ResponderExcluir
  63. Olá,garoto sorriso..
    O seu medo medo é meu medo..
    Quem dizer que não tem medo de nada nessa vida atire a primeira pedra.
    Eu vou orar para o maior mentiroso (a) da terra
    creio que os bebes ao nascer chora de medo de encarar de frente o Mundo .
    beijos e beijos meus amigo querido.
    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  64. Um excelente dia pra ti meu amigo,,,agora é esperar a vitima da proxima fase...rs..rs...abraços.

    ResponderExcluir
  65. Essas fobias são muito interessantes... Poderia escrever um poema sobre a "hipopotomonstrosesquipedaliofobia", que é o medo de palavras grandes... rsrsrs

    Ótimo resto de semana pra vc!

    ResponderExcluir
  66. Não deixe o medo te acompanhar, ele é necessario somente como proteção.mas não permita que ele seja constante em tua vida.
    beijos achocolatados

    ResponderExcluir
  67. As pessoas que se fecham em si mesmas e guardam muitas coisas, tem a tendência a explosões, pois se sentem sufocados com todas agruras que lhes pesam a alma. E vi sua poesia como alguém assim.
    Medo? Faz parte das agruras que a vida impõe...
    Uma boa tarde para você e paz sempre.

    ResponderExcluir
  68. Que profundo meu amigo o medo é algo constante em nossas vidas todos nos o trazemos de alguma forma consigo,sempre temos medo de algo,mas o importante é ir tentando lentamente se desprender dele e nunca aceita-lo.bjos de bom dia amo te lêr toca o mais profundo do nosso ser.

    ResponderExcluir
  69. Exigente vc, hein???
    Hahahahahahaa!!!!
    Bjz!

    ResponderExcluir
  70. Oi, Wanderley
    Tenho tanto medo do medo!! Adoro seus poemas. Sempre fortes, contudentes mas nem por isso gostosos de ler e nos fazer pensar bastante. Beijo grande com carinho!

    ResponderExcluir
  71. Oi querido...voce expressou com perfeição o medo, e o quanto ele é aprisionador...
    Alimentar o medo não é a melhor escolha...bom é ser livre, correr pro ar puro, buscar o cheiro de flor...meu amigo...escolha sempre ser livre, pois liberdade somos nós quem escolhemos viver...beijinhos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  72. Muito bom! Faz a gente lembrar de nossos medos também... Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  73. Passei para lhe dar um abraço.
    Tenha uma linda noite, de amor e paz.

    ResponderExcluir
  74. Angustioso relato, amigo¡¡¡¡

    ResponderExcluir
  75. Olá meu bom amigo poeta Wanderley Elian, sem medo de ser feliz, vamos em busca do futuro, que, certamente, nos trará lindo momentos...

    forte abraço do leitor,

    C@urosa

    ResponderExcluir
  76. Ainda bem que temos medo para contrabalancearmos com nossos desejos!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  77. Se a gente quer viver tem q vencer os próprios (e muitos ) medos. Abraços e lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  78. a vida às vezes aprisiona.

    e, meu deus! que cansaço, ter que descer a página de 82 comentários pra poder comentar.

    famo$.o

    ResponderExcluir
  79. Não me sinto bem nem com muros ltos, quanto mais me imaginar em um quarto escuro, com certeza neste caso o medo também me acompanha. Gostei do poema é real. Beijinhos carinhosos meu amigo e uma linda noite para você sem medos...

    ResponderExcluir
  80. Tá ai uma coisa que não tenho medo.

    Aliás, tenho medo de pouquissimas coisas nessa vida.
    Meu maior medo é perder meus entes queridos.
    De resto, sem medos.

    Beijooooooooo Wander!

    ResponderExcluir
  81. A mim me seguem o pânico, a angústia e a depressão. Mas esses não dormem na cama ao lado, vivem mesmo debaixo da pele.

    Beijos

    ResponderExcluir
  82. Amigo* Estou amando isso, ver seus poemas ...Parabéns mesmo. Gosto muito, da forma, da sua poesia ..tem um jeito especial, que é só seu!

    O medo, as vezes é bom, nós faz manter sempre os pés no chão, atentos...

    Abraços,
    Lu

    ResponderExcluir
  83. Pânico! Claustrofobia é horrível! Ruim até de imaginar!
    Beijocas, meu lindo!

    ResponderExcluir
  84. Wanderley,

    também tenho, por vezes, minhas pássaras bélicas debatendo-se contra fechadas janelas.

    Fortíssimo abraço!

    ResponderExcluir
  85. Medo e solidão são amigos irmãos.
    Porque ela sempre me acompanha aonde vou também ..

    ResponderExcluir
  86. Eu não quero nem saber, eu brigo com o medo o tempo todo! sempre falo pra ele:"aqui não violão!" e ele de tão rejeitado vai embora desconsolado! bjinhos!

    ResponderExcluir
  87. Eu não quero nem saber, sempre falo pro medo: "aqui não violão!" a melhor arma de defesa é o ataque! Bjs!

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...