terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Jogo da Amarelinha





Céu...
Inferno...
Céu...
Inferno...
Céu...
Inferno...
Céu - encontrei um grande amor
Inferno...
Céu... 
Inferno...
Céu...
Inferno - perdi meu grande amor.


Wanderley Elian

33 comentários:

  1. Interessante por demais essa amarelinha, quando a gente é criança leva tudo numa boa, depois quando crescemos??!!...acho que aconteceu isso comigo quando estava pulando amarelinha tempos desse

    Beijos meu querido.

    ResponderExcluir
  2. Do céu ao inferno, é só alguns passos ...do inferno ao céu, também...
    Obrigado por sempre comentar, que tenhas uma ótima noite e uma linda terça, abraço.

    ResponderExcluir
  3. Brinquei muito de amarelinha, porém, o resultado nunca era o céu e nem o inferno. Era o de trás do muro, ou encostado num árvore. As meninas gostavam de bricar e a gente acompanhava, rsrsrsrsrs!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. é em assim mesmo, uma hora estamos no céu e de repente desaba tudo e estamos literalmente no inferno.

    Uma ótima semana pra vc meu querido, bjo

    ResponderExcluir
  5. Fabuloso Amigo:
    Genial. Admirável Fantástico.
    Abraço amigo de parabéns sinceros perante a significação imensa que construiu.
    Bem-Haja, pelo seu valor de pessoa extraordinária.
    Sempre a admirá-lo e a lê-lo com atenção.

    pena

    Sensível. Adorei.
    Bem-Haja,ENORME amigo!

    ResponderExcluir
  6. Oh! poeta
    Só criatividade!
    Amarelinha, Céu e Inferno.
    Somente a alegria da criança pode realmente libertar deste vai lá e vem cá.
    Obrigada pela presença tão bela em nosso espaço.
    Abraço sublime

    ResponderExcluir
  7. ELIAN NO AMOR O CÉU E O INFERNO SÃO DIVIDIDOS POR UMA LINHA IMAGINÁRIA!
    BEIJOS!

    ResponderExcluir
  8. Eu tambem meu amigo, eu tambem, e nunca cheguei a jogar esse joguinho ai...sempre via pela calçada na minha infancia...abraços e um belo dia pra ti....


    p.s. reclamamos tanto da chuva em bh que agora vamos derreter nesse calor...rs..rs...

    ResponderExcluir
  9. Se perdeste um amr, virá outro, e maior , mais intnso.
    eu brincava de amarelinha.

    ResponderExcluir
  10. Simples, sensível, criativo, todos pulamos nossas amarelinhas, do nosso jeito, circunstâncias, começo e fim. Mas certamente numa identidade única, humana, buscando os passos certos e o melhor caminho. Vale é o percurso, o fim não nos pertence. Então vamo q vamo pulando com equilíbrio para não cair (rs). Abraço/ney.

    ResponderExcluir
  11. rs... lindo!
    Criatividade e delicadeza... seu blog é assim, a cada visita constato mais isso!

    Agora dá licença que vou brincar de amarelinha ;)

    Um beijão.
    Jr.

    ResponderExcluir
  12. É, amigo. Nesse negócio de amor, a gente vai mesmo do céu ao inferno... mas vai do inferno ao céu também. Então não tem por quê não brincar.Um abraço. Ah pegue meu selo em gvpoetapresentes.blogspot.com ou no blog principal mesmo, terceira imagem do lado direito. Será um prazer. Um abraço

    ResponderExcluir
  13. Estou brincando de amarelinha bem agorinha.

    Meio sem palavras, só brincando.

    Abraço, amigo.

    ResponderExcluir
  14. A vida é isso mesmo... ganhar e perder. Tão depressa se alcança o céu, como se cai no inferno.

    Um beijinho *

    ResponderExcluir
  15. É meu amigo, às vezes se ganha, noutras se perde. A vida é um jogo, onde vivemos na corda bamba.

    Aparece lá no blog " Diálogos poéticos". Estou sentindo a falta de sua colaboração e comentários.

    Tem muito coisa bonita rolando por lá.

    Posso te pedir um favor?
    Coloca o selo do blog na barra lateral do seu para ajudar na divulgação.

    Grande beijo e boa semana.

    ResponderExcluir
  16. Oi Wanderley, a minha amarelinha não tem inferno não?! Fiquei com pena de vc! aliás, a minha amarelinha é muito musical, quando puder veja a postagem que fiz sobre a amarelinha musical no http://ecosdaculturapopular.blogspot.com
    Pra vc desenho um céu de boas brincadeiras! Bjs!

    ResponderExcluir
  17. Que o sonho se faça inteiro
    D’um azul celestial
    Manhãs florescentes sorrisos
    Sol da Felicidade!!!

    F E L I Z * 2 0 1 0 ! ! !

    Beijo saudoso...
    No teu coração, Amigo Wanderley!!!
    Iza
    (Ausente, Amigo... Mudei para
    o campo e a conexão demais
    ruim, tentando deixar recadinho
    para Amigos hoje e torcendo para
    conseguir abraçar todos).
    S A U D A D E S ! ! !

    ResponderExcluir
  18. Olá amigo!

    A criatividade em relacionar as brincadeiras de criança com o mundo adulto é um fascínio.
    Quantas vezes amarelamos e comentamos estou no céu ou no inferno...
    Hoje a vontade de acertar no céu é sempre maior que o oposto.Adorei.

    Beijos de Luz

    ResponderExcluir
  19. Wanderley,

    Muito bom...é assim que muitos passam a vida, numa eterna procura pelo amor verdadeiro...como num jogo...

    Um grande beijo!!

    Reggina Moon

    ResponderExcluir
  20. Muito bom!!!!
    E tem gente que diz tbm: céu, casei; inferno, maldita hora que casei!
    kkkkkkkkkkkkkkkk

    beijos querido!! :)

    ResponderExcluir
  21. E qual foi o momento que você jogou a pedrinha e foi saltitando entre os dois?
    É a parte mais gostosa...

    ResponderExcluir
  22. é mesmo perdeu? que pena! sinif snif snif

    ;-)

    ResponderExcluir
  23. Oie, tudo bem?

    Jogar novamente será uma boa solução e quem sabe conquistar o céu novamente. HAHAHAHAHA
    E as vezes conquistar um amor é que pode se transformar em inferno no jogo.

    Renata, adoreiiiiiii o post.

    ResponderExcluir
  24. Menino,simplesmente genial sua poesia!Muito bom te ler!Abraços,

    ResponderExcluir
  25. Poxa..
    Como é Bom ser criança inocente e brincar de amarelinha,
    crescemos e muitas fazes de nossas vidas acabam sendo ...
    céu..
    inferno...

    O melhor de tudo é encontrar um grande amor !!

    Bjs querido !!

    ResponderExcluir
  26. Oi, Wanderley!

    Pois é! Depois que a gente cresce está sempre pulando, não apenas para recuperar a pedrinha. Com um sorriso amarelo, a gente pula pedregulhos de todas as cores... E haja pulo, perna, e tombo...

    Ludismo, nostalgia, reflexão, no vai-e-vem entre o ontem e o agora! Muito legal! Bjs e inté!

    ResponderExcluir
  27. Meu amigo Wanderley
    ...a vida é uma constante "amarelinha"!
    Abraço
    G.J.

    ResponderExcluir
  28. Eu já estive mais proximo do Céu rsrsrsrs


    Abraçus ^^

    ResponderExcluir
  29. Querido Wan,

    Adorei o trocadilho! rsrs...

    Perder o grande amor realmente é o inferno... ou será céu?! Pois que o amor também nos traz muitos tormentos!...

    Ó céus, será o céu ou o inferno?!! rsrs...

    Tenha um ótimo dia!!

    Beijos no coração...

    ResponderExcluir
  30. Navegando pela blogosfera te encontrei...lindo teu blog querido.Voltarei para ler-te com mais calma.Torno-me seguidora e aguardo tua visita.Tenho link e selinho por lá...se gostares tragas ctg.

    Beijos na alma moço.

    ResponderExcluir
  31. Que é isso rapaz, joga a pedrinha de novo...

    ResponderExcluir
  32. Thank you, Sir, para a sua visita
    Não tire-se na tradução árabe, porque é coloquial e uma tradução não vai ser bom
    Glad sua visita

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...