quarta-feira, 18 de maio de 2011

O jogo


Jogou todas as cartas no amor,
abriu o jogo,
não blefeu,
queria um amor pleno.
Esqueceu de guardar aquela
carta na manga.
Perdeu.

Wanderley Elian

83 comentários:

  1. Amor sem blefe não tem graça. Além disso uma carta na manga pra surpreender o "adversário" é sempre bom, dá mais emoção à conquista.

    ResponderExcluir
  2. olássssssssss
    saudades
    os melhores jogos são os que todos os competidores podem ganhar...
    fica a dica... KKK
    ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  3. A queda libre nem sempte é boa
    Todo abismo é feito de pedras e plumas
    beijo

    ResponderExcluir
  4. Quando não guardamos a melhor carta na manga - que tem mais valor - a tendência é a descoberta da perda.
    Bjs.
    Jasanf.

    ResponderExcluir
  5. Com amor sempre se ganha é a minha opinião, podemos nos perder, mas no fim sempre encontramos alguma valia.

    ResponderExcluir
  6. a velha carta na manga que faz o amor ser sempre amor e nunca triste rotina

    ResponderExcluir
  7. Querido amigo, realmente o amor é um jogo, e sempre é muito bom ter um trunfo escondido. Beijocas

    ResponderExcluir
  8. Me apaixonei por este post!

    Título. imagem, texto,tudo em perfeita sintonia.

    Arte pura!

    Beijos Wanderley

    ResponderExcluir
  9. Neste jogo nem sempre se ganha... nem com cartas na manga. Vale entender que não há derrota, quem perderá serão os outros, a nossa essência não descoberta.

    ResponderExcluir
  10. Eis o perigo, precisamos estar sempre prevenidos... mas será que da?
    Beijosss Wander

    ResponderExcluir
  11. vivendo e aprendendo a jogar, nem sempre ganhando nem sempre perdendo, mas aprendendo a jogar...

    ResponderExcluir
  12. E quem disse que o amor não é um jogo?

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Bom dia!!

    E no amor existe a tal carta na manga?

    Eu entrei um vencedor daqueles que usam óculos escuros, que blefam dão roda na roda.

    O meu jogo é feito de dados, entre um giro e outro acabo ganhando.

    Um forte abraço e um ótimo dia!!

    Te espero no Alma!

    ResponderExcluir
  14. Bem,no início tem q se arquitetar um plano e ter sempre cartas nas mangas(infelizmente).
    Sabe aquela coisa de:Vc tem sempre q não demostrar suas reais intenções entende?Quem demostra sua sede,sua fome real perde.Tem mesmo q fazer cara de paisagem,de desligado de q não está entendendo nada...hahaha...O negócio é mesmo confundir !

    P.s.Os romanticos geralmente perdem a jogada!

    ResponderExcluir
  15. Lindo! Mas acho que é melhor jogo aberto mesmo, sm cartas na manga...abraços,lindo dia!chica

    ResponderExcluir
  16. Olá amigo Wanderley!
    No jogo do amor isso pode mesmo acontecer!
    Tem de saber jogar muito bém para não perder.

    Um abraço grande do amogo Zé.

    ResponderExcluir
  17. Jogar nem sempre é ganhar.
    Beijo

    ResponderExcluir
  18. O amor é sempre a maior recompensa,,,mas é um jogo perigoso onde mais perdemos do que ganhamos,,,um belo dia pra ti meu amigo,,,abraços.

    ResponderExcluir
  19. Lindo... mas será que temos mesmo que ter alguma carta da manga meu querido?
    Beijinhos...doce dia...
    Valéria

    ResponderExcluir
  20. Amor pleno em si mesmo é o maior blefe da cultura humana ... #FATO

    ResponderExcluir
  21. Carta na manga?! Que nada!!!
    Se perdeu...vamos jogar novamente...

    "...Vivendo e aprendendo a jogar, nem sempre ganhando nem sempre perdendo, mas aprendendo a jogar..."

    Viver,amar... é sem garantias!!!

    Beijinhos ILUMINADOS!!!

    ResponderExcluir
  22. Bom dia,Wanderley!!

    Mas não tem outro jeito, né? Não há como saber se vai dar certo...ao menos você foi verdadeiro!É o que importa!
    *Lindo teu poema!!Gostei muito!
    beijos!!

    ResponderExcluir
  23. o ás, tem que ter um ás na manga,


    abraço

    ResponderExcluir
  24. A famosa carta na manga q eu nunca tenho..rsrs
    Adorei =)

    ResponderExcluir
  25. Oi Wanderley, no amor é mesmo preciso ter sempre uma "carta" (novidade) na manga, se não cai na monotonia e não é legal....

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  26. Mais perdeu com orgulho, na próxima ele saberá o que errou e não errará da mesma forma mais!
    Aprendizados..vida!
    Beijos
    Juliana

    ResponderExcluir
  27. É amigo quando se entra numa relação e se arreganha completamente o risco de perder é grande. Mas para mim, relação "meia bomba" não funciona. Então, deem as cartas, estou no jogo.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  28. Wan, a velha e fundamental carta que se não usamos o blefe não consegue resolver.

    Beijos amigo que fala tão intensamente do amor.

    ResponderExcluir
  29. Oi, Wan
    Que legal o post! E a imagem nem se fala! Acho que esse é o tal jogo da vida ou o jogo do amor, sei lá!
    Bjkas!!!

    ResponderExcluir
  30. É meu querido amigo prof. Elian, gostei do poema, pois apredi que devo ter uma carta na manga ( para quando amar novamente, tenho esperanças ), mas gostei do comentário da Roberta Maia; viver, amar...é sem garantias e a citaçaõ da música da Rita, cantada pela eterna Elis.
    ps. Um fortíssimo abraço amigo.

    ResponderExcluir
  31. Garoto Sorriso.
    Creio que você não sabe mais você é muito especial
    para mim.
    Amo seu geito carinhoso de tratar suas lindas amizades.
    Quanto a carta na manga dependendo do caso machuca
    muito o coração da gente.
    Um beijo amigo querido..
    OsB.. Convido você a torcer comigo o jogo do Santos hoje a noite..
    Eu prometo a você torcer pelo Cruzeiro o que ñ é nenhum esforço sempre fui Cruzeiro em BH o outro time é muito briguento.
    No Rio sou Flamengo.
    ñ conta pra ninguem ok?
    beijokas ,,Evanir.

    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Por essas e outras que minhas mangas vivem cheias de cartas... haha! Bjz!

    ResponderExcluir
  33. No amor as cartas não estão apenas na manga... Estão escondidas no olhar; no vão entre as pernas... Mas o melhor de tudo é escrever lindas e belas cartas de amor!

    ResponderExcluir
  34. Perco muitas vezes, mas o baralho é meu. jogo de novo e de novo, um dia ganho !!! abraços!

    ResponderExcluir
  35. Oi Wan, tudo bem?
    Menino, sempre se dá pra esconder uma cartinha né? rsrs
    Bjo

    ResponderExcluir
  36. SHOW! nossa já passei por isto e até hoje sinto na pele a última cartada.
    beijão

    ResponderExcluir
  37. Parece que quando amamos sempre esquecemos desse "detalhe". A foto e o texto ficaram um conjunto-mais-que-perfeito!

    ResponderExcluir
  38. Simples assim: quem não sabe blefar, perde!
    Perde até quando ganha...

    ...mas ainda creio mais no amor do que no jogo. Ainda que tenha perdido muito.

    Beijos mil!

    ResponderExcluir
  39. Gosto muito dessa comparação Wanderley, o amor é um jogo de sentimentos!

    Eu preferi continuar jogando sem cartas na manga, até ganhar, teve mais sabor.

    Abraços

    ResponderExcluir
  40. Boa tarde, querido amigo Wanderley.

    Menino... Adorei!!
    Eu sou essa que não soube blefar. Perdi...

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  41. E quantas e quantas vezes, não??
    Poizé!rs.

    beijosssss

    ResponderExcluir
  42. Que injustiça!!! Não tapeou, não iludiu...dançou. Pra você vê como estão os valores hoje em dia. :)
    Você está filosofando como nunca, Wanderley. Adorei!!!

    Bjuxxxx

    ResponderExcluir
  43. Talvez não tenha pensado que o AMOR faz parte de um jogo diferente - um jogo sem cartas...
    Abraços, meu amigo

    ResponderExcluir
  44. Sua orelha deve ter ardido hoje, fiquei o dia todo a lhe visitar.

    Juro mesmo!

    Seu nome esta num post-it, sei que vou encontrar ótimo aconchego por aqui.

    Obrigada pelo carinho, pelas doces palavras, me sinto abraçada por elas.

    Beijos meu amigo!

    ResponderExcluir
  45. Jogo é jogo e ponto!
    Ganhar é ter sorte!
    Perder é ter gana!
    Empatar é o tal meio termo!

    Amei! bj.

    Catita

    ResponderExcluir
  46. Ando assim...jogando todas as cartas e fichas...
    Bjs*

    ResponderExcluir
  47. eu gosto de TODAS as cartas na mesa...sempre!

    beijocas!

    Bia

    ResponderExcluir
  48. Sabe de uma coisa, amigo?
    Isso acontece o tempo todo...
    O amor não tem lógica.
    Beijinhos.
    Minas, uai!...

    ResponderExcluir
  49. eu não consigo guardar as cartas...

    ResponderExcluir
  50. Sinceramente, qdo há jogo no amor, quando se perde, se ganha. Eu acho.

    bjoss

    ResponderExcluir
  51. o poema é muito bom, wanderley. mas também acho que no amor não se deve jogar. abraços

    ResponderExcluir
  52. Acho que o jogo do amor deve ser limpo e transparente, pois assim, se realmente acontecer, será verdadeiro em toda a sua plenitude.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  53. às vezes quando nos entregamos demais perdemos o chão..
    e nos machucamos pra valer, não é?

    ResponderExcluir
  54. E PERDEU COMO UM MARINHEIRO DE PRIMEIRA VIAGEM WANDERLEY. QUE SIRVA DE LIÇÃO.
    COMO DIZ CHICO BUARQUE: DOU RISADA DE UM GRANDE AMOR...MENTIRA!
    BEIJOS!

    ResponderExcluir
  55. O importante é amar!
    É isso ai Wander.
    Beijossss

    ResponderExcluir
  56. Adoro esses seus lances rápidos e sarcásticos, Wanderley!

    Há que saber blefar um pouco, até mesmo no amor...

    "Ninguém pode dizer a verdade absoluta" (Henry Miller)

    ;-)

    ResponderExcluir
  57. Acho que no jogo do amor não há perdedores, claro que o amor sempre acaba antes para um do uqe para o outro,mas a gnete sempre ganha alguma coisa com o amor...
    Beijosss

    ResponderExcluir
  58. Bela mensagem amigo,analogia perfeita,amar é mesmo muito riscoso,há que ter uma coisita a mais.Meu abraço mineiro.

    ResponderExcluir
  59. É amigo, no jogo e no amor não se pode baixar a guarda, todo o cuidado é pouco!
    Beijo
    Zelia

    ResponderExcluir
  60. Oi Wanderley
    Ontem nao deu pra passar pelo seu cantinho , tenho vindo sempre a noite.
    Em jogo amoroso nao há perdedores como disse a florzinha de lótus.Concordo com ela.
    Só muito prazer hehehe
    abraços

    ResponderExcluir
  61. Um belo dia pra ti meu amigo,,,abraços.

    ResponderExcluir
  62. Bom dia,Wanderley!!

    Tenha um ótimo dia!!
    Beijos pra ti!!

    ResponderExcluir
  63. Realmente o amor é um jogo imprevisível, só joga quem é jogador viciado mesmo.
    Abraço

    ResponderExcluir
  64. Final feliz é sempre luxo, né? Hehehe! Bjz!

    ResponderExcluir
  65. O pior é que isso acontece mesmo!Eu prefiro jogar limpo,de peito aberto para o que der e vier,mas infelizmente nem todo mundo é assim!Ficou muito linda e reflexiva sua poesia!Bjs,

    ResponderExcluir
  66. Tudo na vida é um jogo...umas ganha se...umas perde se...o importante é continar a arriscar e jogar:)
    Beijo d'anjo

    ResponderExcluir
  67. Querido amigo Wan,

    Concordo com a *Chica, sempre preferi um jogo aberto, principalmente no amor. Mas confesso que sempre estamos tentados a ter aquela carta escondida na manga! Este é o fio da navalha...
    Beijos e boa sorte no próximo jogo...

    Rita Barroso

    http://blogdachickitabakana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  68. Wanderley, eu concordo com suas frases, sabe, não dá para acreditar plenamente, é preciso sempre um pouco de cautela.

    Sobre meu post, ahhhh lindinho mesmo... recentemente eu me mudei e fiquei doida com tantas caixas só de trabalhinhos dela....kkkkkk
    Acontece que não tenho coragem de desfazer de nenhum rabisquinho dela sequer, muito menos de obras primas!!!

    beijos e obrigada.

    ResponderExcluir
  69. vivendo e aprendendo a jogar..

    ResponderExcluir
  70. Meu amigo,
    que bom ler você outra vez!Maravilhoso! Na vida é assim, se bobiar, perde.
    Obrigada pelo carinho.
    Beijos

    ResponderExcluir
  71. Vivendo e aprendendo a jogar...rs.
    Abraços queridooooo.

    ResponderExcluir
  72. amar é que nem um jogo de truco...geralmente tudo é um...quando vai pra dois melhora, com um 6 vc detona, mas alguem acaba virando a mesa !!!

    abraço professor !!!

    ResponderExcluir
  73. com amor, todos ganham. até as perdas se transformam em ganhos. as cartas na manga só são necessarias qdo não há amor. eu acho!
    beijo

    ResponderExcluir
  74. Jogos de cartas são classificados como jogos de azar. Seria o amor um jogo de azar?

    Abraços do Gaúcho.

    ResponderExcluir
  75. Meu amigo, pensando bem, quando é assim, mais se ganhou do que perdeu...

    Adorei, Wanderley!

    Bjs e inté!

    ResponderExcluir
  76. Meu querido

    No jogo do amor, e sempre bom ter uma carta na manga, para usar na altura certa.

    Deixo um beijinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  77. Oi meu querido, amei as cartas do baralho formando LOVE, LEGAL demais.
    Quanto a sua poesia, quando se joga e se esconde cartas na manga, corre-se o risco de perder em vez de ganhar.

    Beijos, muitos!!!

    ResponderExcluir
  78. Wander, amigo querido:

    Eu jamais soube blefar. PERDI.

    Mas faz parte!!!

    Beijoooooo

    ResponderExcluir
  79. Infelizmente, o amor eh um jogo, e como tal, nem sempre ganhamos o que queremos e como queremos. Mas enfim, a vida eh assim. Pessoas vem, pessoas vao. E a foto do post, foi voce quem tirou, Wand?!

    Beijao.

    ResponderExcluir
  80. Blefar é arte para poucos
    Por isso no amor somos loucos

    Por isso no amor somos fracos
    "Gado preso no buraco"

    MUITO BOM POEMA!! INVEJA POR NÂO
    O TER ESCREVIDO!! RSRSRSRSRS
    E A FOTO, QUEM FEZ?????????
    ABRAÇO E MUITOS PARABÉNS!!

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...