quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Ferida

fer
ida
sem
ferida
tudo
começa
de novo
a cor
cora
a flor
o ir
vai
o rir
rói
o amor
mói
o céu
cai
a dor
dói

Augusto de Campos 

Wanderley Elian

76 comentários:

  1. Ferida que corrói
    Ferida que seca
    Pele que nasce
    Revivida.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. ...dói e quando dói, machuca...
    Lindo Wander.
    Beijosssssssss

    ResponderExcluir
  3. Its difficult for me to understand the words. The pictures is wonderful and tells about the poetry.
    Greetings from Switzerland

    ResponderExcluir
  4. Interessante a ideia... A forma da escrita...

    Abração amigo..

    ResponderExcluir
  5. Interessante o formato do poema.
    abraços
    de luz e paz

    ResponderExcluir
  6. Toda ferida deixa sua marca...
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Meu amigo, gostei desta poesia. Em poucas
    palavras se diz muito.Um beijinho e desejo
    de que esteja bem.Irene

    ResponderExcluir
  8. É lindo..
    Simples assim..
    beiJO...

    ResponderExcluir
  9. Ferida que deu uma linda poesia!ABRAÇOS,CHICA E LINDO DIA!

    ResponderExcluir
  10. Hola, hermosa fotografía, las siluetas están buenisimas.. lindas palabras también..
    Saludos..

    ResponderExcluir
  11. Belissimo poema,,,feridas fazem parte da vida...abraços de bom dia pra ti amigo...

    ResponderExcluir
  12. Embora exista diversos sentimentos no homem, o que mais fica é o de dor.

    bj

    ResponderExcluir
  13. Ser ferir para depois florir...ressurgir...ir em frente!Cair faz parte do crescimento.
    Beijinhos

    Maria

    ResponderExcluir
  14. Wan, estes dias abriu uma ferida, um amor supostamente esquecido no tempo reapareceu...
    Eu só conseguia lembrar de uma cantiga de ciranda:
    "o anel que tu me destes era vidro e se quebrou,
    o amor que tu me tinha era pouco e se acabou..."
    rss e a vida segue...
    bjks

    ResponderExcluir
  15. Oiiiiiii...
    Tem presente pra vc lá no meu blog
    xerooo

    ResponderExcluir
  16. São as estações que se misruram...
    mói
    o céu
    cai
    a dor
    dói

    Abraço

    ResponderExcluir
  17. Bonita a cadência das palavras que formam um todo harmonioso.

    Agradeço-te a passagem no lidacoelho e aproveito para dizer-te que a ti Relinda foi uma grande mulher que eu conheci aqui na aldeia.

    Ela é apenas uma, nas muitas que existem no mundo actual e que também o foram no passado.
    É uma simples homenagem mas dará lugar aos comentários mais diversos.

    ResponderExcluir
  18. Matamos o amor para vê-lo renascer...

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  19. Wanderley,que sensivel escolha!Feridas sempre doem e demoram a cicatrizar!Bela poesia!Bjs,

    ResponderExcluir
  20. E como deixa marcas profundas essas fer, ida, sem ferida,
    o amor
    mói
    o céu
    cai
    a dor
    dói.
    É de prima essa colocação em forma de tirinhas.
    Abraço

    ResponderExcluir
  21. Oie Wan.

    Hoje assim, assim, amanhã talvez, depois quem sabe... obrigada pelas visitas no bloguinho.

    Beijux eu.

    ResponderExcluir
  22. aposto q já está morrendo de saudades da MARIDA!

    Bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  23. Oi amigo, tô de volta a blogsfera! A vida é assim, um dia dor no outro sabor! Lindo poema! bjs!

    ResponderExcluir
  24. Meu Bróder...

    Visitando seu blog e parabenizando-o pelo niver do espaço. É um orgulho quando nosso trabalho reflete de forma positiva e as pessoas curtem o que fazemos.
    Muita energia positiva e paz para você amigo.

    Abraços*
    Renato Baptista

    ResponderExcluir
  25. Bom dia! O amor é de cada um.
    Beijo,
    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  26. Cai a dor e vai de novo o amor!

    Abc

    ResponderExcluir
  27. Wanderley, estou invadindo seu belo blog depois de encontrá-lo junto ao Joop na Holanda, com licença vou bisbilhotar!

    ResponderExcluir
  28. LINDO!!!!!!!!!! Gostei!

    Sublime palavras...

    Uma boa tarde pra você, amigo.

    Abraços,
    Lu

    ResponderExcluir
  29. Boa tarde meu querido.
    A dor dói mesmo ñ tem jeito.
    Beijos meu querido.

    ResponderExcluir
  30. UMA MARAVILHA DE SE LER MEU AMIGÃO PARABÉNS SEMPRE.

    ResponderExcluir
  31. tão bom vir aqui e aprender tanta coisa
    beijos

    ResponderExcluir
  32. Wanderley, adoro este brincar de palavras que tudo diz.
    Vim agradecer suas visitas sempre generosas, nas minhas páginas.
    Eu adoro aqui, porque tudo é sempre tão leve.
    Abraços

    ResponderExcluir
  33. Tudo como deve ser,cada coisa em seu lugar...
    Querido obrigada pelas felicitações lá no meu blog pelo meu niver.
    Beijos

    ResponderExcluir
  34. Coisa complicada essa... hehe!
    E joguinho nem de Mico Preto????? Hahahaha!
    Bjz!

    ResponderExcluir
  35. Oi, Wanderley,obrigada pela visita!

    Nossaaaaa, linda a poesia que vc escolheu!!! Amei, mesmo, de verdade!

    Um bjo.

    ResponderExcluir
  36. Nossa, que máximo o formato do poema...amei por demais.
    Agora que ferida dói, ah isso dói mesmo, jamais aquelas que estão no coração, na alma.
    Beijos meu querido amigo Wanderley.

    ResponderExcluir
  37. Oi Querido, estou de volta de novo e sempre... rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  38. Oi, menino. rs É vamos lá começar tudo de novo. Bom que tenho a amizade de todos vcs e estarei por aqui de novo tb, lendo as suas palavras. Bjs, amigo.

    ResponderExcluir
  39. Grande Augusto de Campoos. Encaixou as coisas como são e devem ser. A dor então, essa vem de qualquer jeito

    ResponderExcluir
  40. O amor moi, a dor dói. Grande Augusto de Campos, mais um dos fundadores da poesia concreta. Bela escolha Wanderley.

    Abraços e boa noite pra ti.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  41. A dor sempre dói...
    Querido amigo...
    Parabéns pelos dois anos de blogue! Desculpa não ter vindo antes.
    BEIJOS GRANDES E CARINHOSOS

    ResponderExcluir
  42. Parece uma cantilena...que rói...que mói e que dói!
    Lindissimo!
    Beijo
    Graça

    ResponderExcluir
  43. Que toda a ferida seja repleta de fé e de ida... nada de volta!
    Por falar em volta, estou de volta, viu?
    Obrigada pelo carinho e lembrança duranteessa longa ausência.
    Bjs

    ResponderExcluir
  44. A prova do poder das palavras...
    Simples palavras que formam pensamentos!

    Abraços

    ResponderExcluir
  45. Boa tarde, querido amigo Wanderley.

    O amor... O amor constrói, dói, corrói, destrói.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  46. una imagen muy ghotica , Tim Burton y la novia cadaver :)

    ResponderExcluir
  47. E as feridas sempre nos deixam lições.

    Lindoooooooooooo isso Wander!

    Um abração meu querido!

    ResponderExcluir
  48. Caro amigo

    O poema cai em nós,
    com a força de um raio,
    nos falando palavras valiosas.
    Esta é a sua magia.
    Encontrar e reveberar em nossos corações.

    Que as cores da alegria
    estejam sempre em tua vida.

    ResponderExcluir
  49. E tudo se esvai
    porque vai
    e o belo retorna
    porque torna...

    Lindo amigo.

    Olá Wanderley!!!
    Retornando a casa, com cheiro ainda de mar e por tanto que naveguei, inspiro aos ventos o meu dom embevecido... expirando lentamente quão suspiros, as belezas destas terras neste meu coração sentido...

    Lindo poeminha nas palavras tão bem inspiradas.

    Estava com saudade e cá estou de volta a esta terra amada.

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  50. E tudo passa, a dor passa e deixa sempre o sonhar com um novo sorriso.
    Bjos doce amigo.

    ResponderExcluir
  51. Bela partilha, muito interessante!

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  52. uma bela composição, com rápidas pinceladas o autor revela grandes sentimentos...
    Beijos

    ResponderExcluir
  53. Oi, amigo!
    A dor dói mas um dia sara...
    Beijinhos.
    Minas ♥♥ °º
    ° ·.

    ResponderExcluir
  54. Belo jogo de palavras... muito interessante poema...
    Querido, doce dia pra ti...beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  55. Um belissimo dia pra ti meu amigo,,,abraços.

    ResponderExcluir
  56. Forma e ritmo belos! Conteúdo lindooooo!
    Muito bom passar por aqui bem cedinho e começar o dia em paz.
    Bjo, amigo.
    Ah, tem poesia animada lá no blog, viu?

    ResponderExcluir
  57. A dor é meio necessária para que nos sintamos vivos...

    Beijo Wander!

    ResponderExcluir
  58. Olá Wanderley!

    Existem feridas que demora para se cicatrizar.

    Abraços

    ResponderExcluir
  59. Boa tarde, querido amigo Wanderley.

    As feridas da alma doem mais do que aquelas que deixaram cicatrizes pelo corpo.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  60. Beijos meu querido.
    Obrigado pelo seu carinho.

    ResponderExcluir
  61. Olá amigo, espero ter pego seu selo que oferecemos é só copiar e colar. E para diminuir o espaço lá no Lu Cidreira irei retira-lo de pauta.
    Abraço

    ResponderExcluir
  62. Mas vc é pura inocência mesmo... hehehe! Vamos ver a Noviça Rebelde, tá? Bjz!

    ResponderExcluir
  63. 'As feridas do coração, como as do corpo, quando saram deixam cicatrizes...'
    Isso já dizia Muslah Al-Din Saadi / esccritor persa que viveu em 1184 e faleceu em 1291!

    beijo, amigo!

    ResponderExcluir
  64. "tudo começa de novo..."

    assim é o ciclo da vida.

    abraços

    ResponderExcluir
  65. Olá, vim te convidar a passar no hanukká e ler sobre anjos, a ministração deles em nossas vidas.
    Os anjos são reais! São seres espirituais criados em tempos eternos com finalidades definidas e que estão ao derredor dos escolhidos do Senhor, livrando-os e conduzindo-os no dia-a-dia. Não devem ser adorados, cultuados. Em relação a eles cabe a nós a certeza do grande amor de Deus, que de todas as formas procura amparar os seus filhos e propiciar-lhes uma vida de vitórias.

    bjos.

    ResponderExcluir
  66. Wanderley,amigo querido,"quequéisso"? Amei o poema! Dói e faz a gente choraaaaar.

    Por favor, desconsidere o comentário anterior. Tenho tido problemas ao comentar no seu belo blog. Não sei se é coisa do meu provedor... De repente, meu comentário anterior, inacabado, foi publicado. Sorry.

    Beijossss

    ResponderExcluir
  67. Ah gostei! bjoxxxxxxxxxxxxxxx querido!

    ResponderExcluir
  68. Wanderley!

    Estou matando as saudades daqui e de você!!!

    Fui ao médico hoje e o cardiologista constatou que eu tenho você no coração. O médico que cuida da área do sono, me disse que sonhar com você me faz bem! O psicólogo disse que pensar em você é bom! O fonoaudiólogo disse que falar e ouvir o seu nome é ótimo!

    O fisioterapeuta disse que caminhar em sua companhia, mesmo que no subconsciente, é bom, mas tive um alerta - disseram que ficar longe de você é péssimo para minha saúde! E que sentir sua presença, mesmo pelo pc, é o melhor remédio. E receitou teu carinho todos os dias, em uso contínuo. Por isso, eu dependo da sua amizade e do seu carinho! Promete que vai cuidar da minha saúde? rs

    Beijocas e ótimo domingo!
    Sônia Silvino's Blogs
    Vários temas & um só coração!

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...