terça-feira, 27 de outubro de 2009

Desprezo


O cadáver
apodreceu sobre
a mesa
e os vermes
saciaram sua fome.
De nada adinantou
os gritos
pois ninguém ouviu.
E a flor que brotou
sobre o túmulo
cheira a enxafre refletindo
o que sugou de
sua alma.

Wanderley Elian

13 comentários:

  1. Esse sim eu axei bem complexo! hehe

    muito bom!

    ResponderExcluir
  2. Abandono, foi o que li aqui, puro e total abandono. Belo Texto.
    Abs

    ResponderExcluir
  3. A começar pela imagem e em seguida por "Desprezo", fiquei eu arrepiada, com um frio na espinha...ai ai ai.

    Beijos Wanderley, boa terça pra você meu querido.

    ResponderExcluir
  4. maravilhoso e verdadeiro para uma grande maioria de almas que habitam este mundo ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  5. TENS AQUI TEMÁTICAS MUITO PERTINENTES...QUE FAZEM TODO O SENTIDO...E SÃO ACTUAIS!!!
    GOSTEI MUITO

    ResponderExcluir
  6. Maravilhoso, forte e muito intenso...otimo dia pra ti...forte abraço.

    ResponderExcluir
  7. ...sábias verdades versejadas em poesia,
    somos a matéria prima de nós mesmos,
    matéria e artífices de nossa própria vida...
    parabéns pelos reflexivos versos !

    Beijinho

    Gloria

    ResponderExcluir
  8. Amigo palavras fortes, porém com pura expressão...
    Quantos estão como nesse poema???
    Piooor, vivos!

    Abraços amigo, Otimo dia!

    ResponderExcluir
  9. Que triste hein! Imaginei uma pessoa sozinha e desprezada... apodreceu sobre a mesa... os gritos ninguém ouviu...

    Vc escreve muito bem!!

    Amigo, obrigada pelo apoio viu!!
    Adorei a frase: "Os cães ladram e a caravana passa"

    Beijos e ótima terça!

    ResponderExcluir
  10. Muito bom o (desprezível) poema, rs...

    ResponderExcluir
  11. Realmente p texto é bem frustante ...
    É distinguido mesmo como o desprezo acaba sendo.

    Pensar antes de fazê-lo.


    ...

    Bom saber que vc vai estar comigo
    kkkkk ...
    Vai precisar de bastante gente lá !!!
    Bom que terei vc lá

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    beijao!

    ResponderExcluir
  12. "E a flor que brotou
    sobre o túmulo" é o fim do caminho

    ResponderExcluir
  13. Wanderley,

    Amei seu texto. Existem muitos "vermes" que se alimentam de "cadáveres". E do túmulo, onde os cadáveres foram sepultados, surgem flores. O problema é saber a espécie dessas flores.

    Parabéns, Wanderley!

    Abraços.

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...