domingo, 19 de julho de 2009


Quando sair, tranque a porta.
Deixe a chave na roseira e não
precisa apagar a luz.
Aqui ficarão as lembranças de
dias felizes e de
um eterno amor que
chegou ao fim.
Se a saudade bater, tome um sorvete
de chocolate e cante uma
canção do Roberto:
"tem coisas que a gente não tira
do coração"

Wanderley Elian


4 comentários:

  1. Que lindo e ao mesmo tempo tão triste...
    Por que o amor tem que acabar???
    Lembranças de dias felizes... :(

    Bjss

    ResponderExcluir
  2. É Liciane, é triste quanto o eterno acaba.
    Uma ótima semana pra você.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Lindo, Wanderley! Amei o poema...

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Regina, pela visita e pelas palavras de apoio.
    Beijos

    ResponderExcluir

passou por aqui . deixe sua impressão . obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...